Sou profissional da área de Treinamento & Desenvolvimento e em 2010/2011, durante 5 meses, trabalhei como tripulante em dois navios de cruzeiros: Vision of the Seas e Oasis of the Seas, ambos da empresa americana Royal Caribbean. Muitas pessoas me perguntam sobre como é trabalhar em navios. Sendo assim, preparei abaixo algumas dicas e procedimentos para quem quer embarcar nessa aventura.

1 - O Agenciamento:

Antes de tudo, você precisa entrar em contato com uma agência recrutadora. Eles vão agendar uma entrevista com você. Nessa entrevista, eles testam seu inglês e, dependendo do seu nível, eles vão te indicar uma vaga que seja compatível com esse nível. A melhor agência em São Paulo é a Infinity Brazil.

2 - Cursos:

Após fazer a entrevista, você vai fazer 2 cursos:

  1. Um de vida a bordo (com duração de 1 dia e grátis); e
  2. Um sobre a área que lhe foi indicada (no meu caso foi pra área de Vendas, com duração de um dia e custou aproximadamente R$ 200,00).

3 - Entrevista com a Companhia de Cruzeiros:

Após fazer os cursos na agência, sua entrevista será agendada com a companhia de cruzeiros que a agência lhe indicou. Nesse dia, vem geralmente um recrutador estrangeiro, para fazer as entrevistas e dinâmicas (tudo em inglês). Em alguns casos, a entrevista pode acontecer até mesmo por Skype.

4 - Data de Embarque:

Você vai receber um e-mail da agência, informando o nome do navio, sua data de embarque e o local de embarque. Torça para que o embarque seja no Brasil, pois se for no exterior, aí há duas possibilidades:

  • Você paga a passagem; ou
  • A companhia paga e depois vai descontando do salário no decorrer do seu contrato.

5 - STCW, Visto e Exames Médicos:

Depois que você já tiver a confirmação do seu embarque, será necessário:

  • Fazer STCW (Standards of Training, Certification & Watchkeeping). Este é um curso obrigatório pra quem vai trabalhar na costa brasileira. Ele custa aproximadamente R$ 600,00;
  • Tirar visto, caso seja uma companhia americana. O tipo de visto é o C1/D e custa aproximadamente US$ 160,00; e
  • Fazer uma bateria de exames (de sangue, oftalmológico, audiométrico, raio-x etc). Se você tiver plano de saúde, ótimo, assim não vai precisar pagar.

6 - Conclusão:

Agora, basta entregar todos os documentos, exames, certificado do curso, visto para a agência e esperar o dia de embarcar.

Importante

Todo o processo de agenciamento, recrutamento, realização de cursos e preparação da documentação leva tempo e dinheiro (como você deve ter percebido), além de paciência, é claro. Eu fiz minha primeira entrevista em julho/2010 e embarquei dia 12/12/10, ou seja, quase 1 semestre depois. Mas pode ser que você tenha sorte e o seu processo seja mais rápido.

Não se iluda! A vida no navio é prazerosa, mas muito difícil também. Você vai trabalhar muito e se estressar bastante. Em contrapartida, vai se divertir um bocado também, além de conhecer lugares e pessoas do mundo todo. Vai melhorar seu nível de inglês e, quem sabe, outro idiomas também. Ah, e vai ganhar em dólar. Eu era promotor de vendas das lojas duty free do navio e ganhava por volta de US$ 300,00 por semana.

Uma última dica

Se você for mesmo se aventurar nessa, vá com planejamento. Sugiro que vá para ficar por um tempo determinado, pois a vida a bordo é viciante. Você ganhará um dinheiro bom e terá diversão a bem fácil acesso. Se você não se planeja, você acaba ficando, ficando e ficando e, quando perceber, já estará lá há anos na mesmíssima rotina e, quando voltar para o Brasil, estará sem muita experiência na sua área de formação. Indo com os pés no chão, apesar de estar em alto-mar, sua experiência será inesquecível e vai lhe dar muita bagagem intelectual e você certamente voltará uma outra pessoa, assim como eu voltei.

Bon voyage! #Negócios #Trabalho #Turismo