Escolhido como relator pelo presidente da CPI da #Petrobras Hugo Motta (PMDB-PB), o deputado Luiz Sérgio (#PT-RJ) recebeu no ano passado contribuição de quatro empresas que estão envolvidas na operação Lava-Jato. Ao todo foram R$962,5 mil das empreiteiras OAS, UTC, TOYO SETAL e QUEIROZ GALVÃO. Investigado pela operação e usufruindo de delação premiada, o executivo Augusto Mendonça Neto, da Toyo Setal, disse que parte da propina era depositada em contas do Partido dos Trabalhadores como doação legal.

A nomeação do deputado para a CPI consolida o controle do governo nas investigações, repetindo fórmulas de outras investigações em relação à estatal. Na que tramitou no senado o relator foi José Pimentel (PT-CE), presidida pelo senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), que gerou várias críticas. Outra que gerou polêmica foi a CPI mista presidida também por Vital tendo como relator o Marco Maia (PT-RS).

A primeira indicação do PT era Vicente Cândido (SP), mas a maioria dos peemedebistas e de outras partidos da base não tinham afinidade com ele e achavam que ele não era bom para o diálogo. O deputado Luiz Sérgio chegou a dizer que negaria a indicação, voltando atrás no dia seguinte. Deputados do PMDB acham que a indicação é indicio para a sociedade de que tudo acabará em pizza.

Luiz Sérgio é militante antigo do PT e visto por muitos como uma pessoa de bom trato e de cabeça fria, mas que deve tomar cuidado para evitar polêmicas. Já foi relator também da CPI dos Cartões Corporativos. Ao final da investigação, não pediu o indiciamento de ninguém. No início do primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff, foi por pouco tempo ministro da Secretaria de Relações Internacionais.

Sibá Machado (PT-AC), líder do partido, disse que o resultado na CPI dos Cartões Corporativos pode ser um indicio de como será essa investigação da Petrobras. Para ele, o mais importante é que a investigação não contamine as votações no plenário. Ele lembra também que muitas CPI não têm nem o relatório final aprovado e na maioria dos casos não há indiciamento.
#Lava Jato