O contribuinte que teve sua declaração de Imposto de Renda represada no período correspondente aos anos de 2008 (ano base 2007) a 2014 (ano base 2013) e regularizou a situação da malha fina, poderá ter acesso nesta segunda-feira (9) ao lote residual, através do site oficial da Receita, aplicativos para dispositivos móveis ou pelo telefone, no número 146.

A declaração de 160,7 mil contribuintes foi liberada e R$ 300 milhões serão restituídos pela Receita Federal. Os valores são atualizados de forma equivalente à taxa Selic, compreendendo o período do mês da entrega da declaração até o mês da liberação. A correção de 2014 foi de 9,11% e 66,69% referente a 2008.

Publicidade
Publicidade

Do total restituído, R$ 261 milhões são referentes ao ano de 2014 (ano base 2013). Do total de contribuintes contemplados, 4.546 são idosos e 447 possuem alguma moléstia grave ou deficiência física ou mental.

Os valores serão creditados nas contas constantes da declaração no dia 18 de fevereiro. No entanto, caso não seja identificado na conta ou tenha ocorrido mudança, o contribuinte poderá retirar o dinheiro em qualquer agência do Banco do Brasil ou telefonar para as centrais de atendimento do Banco e solicitar o crédito para outro banco, em conta de sua titularidade.

Para não cair em malha fina, é necessário ter muita atenção na hora de elaborar a declaração. O sistema da Receita está a cada ano mais inteligente. Consegue cruzar dados com várias instituições. Se o contribuinte "esqueceu" de lançar algum valor, seja proveniente de serviços utilizados ou operações realizadas com instituições financeiras, provavelmente o sistema irá identificar.

Publicidade

Assim, após encaminhar a declaração é importante entrar no site para verificar se foi detectada alguma pendência ou divergência após processamento da base. Esta consulta que viabiliza uma retificação é a melhor forma para antecipar e escapar de uma notificação de que o contribuinte caiu na malha fina. Quando isso acontece, a dor de cabeça é muito maior, pois o contribuinte terá que correr atrás de todos os comprovantes e se entender com o "Leão". #Dicas