O primeiro superávit de 2015 acaba de ser divulgado pelo Ministério do Desenvolvimento, da Indústria e Comércio Exterior. O Brasil atingiu um superávit que surpreendeu a muitos economistas, que previam o contrário, o país atingiria o valor aproximado só que em déficit. Um dos fatores que impulsionou o fechamento positivo das contas apresentadas do mês de março foi a redução do valor da importação, aquilo que o cidadão gasta em outros países.

O brasileiro deixou de exportar 18,5 % comparado ao mês de março do ano passado, somando em exportações á quantia total de US$ 16,521 bilhões. A exportação superou os valores da importação alavancando o fechamento do superávit brasileiro.

Publicidade
Publicidade

O Brasil exportou US$ 16,979 bilhões, alcançando uma margem de aproximadamente meio bilhão de dólares em relação à importação. O valor alcançado é negativo se comparado ao mesmo período do ano passado, em que as exportações chegaram a valores próximos aos vinte bilhões de dólares.

Primeiro trimestre positivo

O saldo do primeiro trimestre do ano ainda é negativo e teve seu déficit fechado em US$ 5,53 bilhões. Porém, o déficit pode ser considerado positivo se compararmos o acumulado desse ano ao referente ao mesmo período de 2014, onde o déficit apresentado foi de US$ 6,078 bilhões. O mês de março foi o primeiro mês a registrar um superávit no ano. O balanço comercial positivo representa uma reação da economia fragilizada pela queda no preço dos comodities (matérias e insumos como o aço, minerais e petróleo) registrada no ano passado.

Publicidade

Expectativas do mercado

O Banco Central está otimista com a recuperação do mercado e o aquecimento das exportações, prevendo um superávit de US$ 4 bilhões acumulado para 2015. As exportações já atingiram US$ 42,775 bilhões no primeiro trimestre do ano. Segundo o BC, as estimativas são de que as exportações fechem com um superávit anual em igual valor, atingindo aproximadamente em US$ 210 bilhões nas exportações brasileiras e encerrando as importações em US$ 206 bilhões. #Governo