Você ainda não tem estágio para as próximas férias ou está procurando uma maneira de melhorar o seu currículo? Então poderá aproveitar o Programa de Voluntariado do Instituto de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos - IPRAM, que lançou o edital Nº 02/2015 que selecionará estagiários e voluntários para atividades com pinguins!

Quem está terminado o courso pode fazer o estágio, já os demais, entram na seleção de #Trabalho voluntário. Há #Vagas para junho e julho e as atividades serão realizadas no Centro de Reabilitação de Pinguins (CRP/ES) que fica dentro do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (IEMA), em Cariacica - ES.

Publicidade
Publicidade

Para o trabalho voluntário são aceitas pessoas graduadas, estudantes de curso superior ou técnico, desde que já tenham 18 anos de idade no mínimo. Já o estágio supervisionado, ou seja, aquele que é para quem está concluindo o curso de graduação, está aberto para acadêmicos de das ciências naturais como: medicina veterinária, ciências biológicas e oceanografia.

Embora sejam aceitos voluntários e estagiários para junho e julho, o instituto alerta que a chegada de animais nesse período é imprevisível e que no mês de agosto que o número de pinguins chegando costuma aumentar. Os cadastrados como voluntários serão chamados aos poucos, conforme a necessidade.

As pessoas que forem chamadas ajudarão na preparação do alimento para os animais, limpeza do local, entre outros. Não há alojamento e o local para ficar e demais gastos ficarão por conta da pessoa que se candidatar.

Publicidade

Bem como o seguro de acidentes pessoais, que é obrigatório.

O trabalho pode ser realizado no turno da manhã ou no da tarde e será executado por no máximo 3 vezes por semana.

Interessados podem ler o edital completo no site do Instituto de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos - IPRAM ou na página do Facebook deles.

Outra boa oportunidade que está aberta é a de uma empresa paga 170 mil reais para testadora de esmaltes. O trabalho é em casa e estão aceitando as inscrições até dia 30 de junho. #Natureza