Duas das maiores empresas de produtos alimentícios do país se envolveram em uma polêmica e tanto. De acordo com o jornal Folha de São Paulo em publicação feita na tarde desta sexta-feira, 10, o comercial da Seara que brinca com a letra 'S' e tem a apresentadora da TV Globo Fátima Bernardes como garota propaganda vai precisar ser retirado do ar. A decisão foi proferida pelo Tribunal de #Justiça de São Paulo na quarta, 08, exige que a JBS pare de usar na #Televisão um anúncio que fala da letra 'S'. O motivo seria que uma das maiores concorrentes da Seara é a Sadia, ambas empresas começam e terminam com as mesmas letras do alfabeto.

A decisão foi assinada pelo juiz Douglas Iecco Ravacci.

Publicidade
Publicidade

Ele argumentou que o anúncio acaba fazendo com o telespectador pense na Sadia, já que só no final da propaganda é dito que o produto, um presunto, pertence à Seara. A peça publicitária mostra uma dona de casa pedindo duzentos gramas de presunto quando o atendente pergunta: "De qual marca?". Duas crianças então fazem a brincadeira, falando que o presunto começava com S e terminava com A. O atendente entende que as crianças estão falando da Seara e depois toda a família se delicia com o produto.

Caso o comercial não saia do ar, a Seara vai ter que pagar uma multa de R$ 50 mil por dia. Outro motivo para a proibição é que, segundo o juiz Douglas Iecco, a propaganda se apoiaria no sucesso da marca rival, que tem como garotos propaganda os apresentadores Luciano Huck e Angélica. Ainda na sentença não foi considerado que houve qualquer objetivo pejorativo, não denegrindo assim a imagem da Sadia.

Publicidade

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, a JBS informou que ainda não foi informada sobre a sentença e que por isso não iria se pronunciar por enquanto.

Assim que Fátima Bernardes deixou o jornalismo da Globo, onde foi âncora do 'Jornal Nacional', ela recebeu o convite para vincular sua imagem à Seara. Diversos veículos de comunicação chegaram a estipular o cachê da mulher de William Bonner, que segundo as publicações, seria de R$ 5 milhões.  #Famosos