No acidente que vitimou o cantor sertanejo Cristiano Araújo, a porta traseira da direita do seu Range Rover Sport foi arrancada, gerando dúvidas sobre o nível de segurança do utilitário-esportivo (SUV). Apesar de não ter correlação com a ocorrência registrada no Brasil, a Land Rover, fabricante do modelo em que viajava o artista, acaba de convocar mais de 65 mil proprietários de três de seus modelos, nos Estados Unidos, em função de defeitos nas portas e no teto solar. O recall inclui o Discovery 4 e o gigante Range Rover, além do próprio Range Rover Sport.

De acordo com a montadora, problemas nos trincos destes dois últimos podem fazer com as portas se abram com os veículos em movimento.

Publicidade
Publicidade

O chamado inclui 65.352 unidades do Range Rover e do Range Rover Sport, fabricados entre julho de 2012 e março deste ano. Já com relação aos Discovery 4, são 492 unidades em que a vedação do teto solar pode apresentar falhas. Além de ruídos e infiltrações, a peça também pode se soltar repentinamente, como já foi reportado à Administração Norte-Americana de Segurança Rodoviária (NHTSA).

Apesar de ter anunciado o recall, a Land Rover não convocou a imprensa para maiores explicações, nos EUA. Por aqui, segue a máxima de que o consumidor brasileiro é como o marido da ópera-bufa, “sempre o último a saber” de tudo.

No final de março, a marca fez uma convocação nacional, chamando os donos dos Range Rover Sport e Vogue, produzidos entre maio de 2013 e fevereiro deste ano, por causa de problemas nos freios – o desgaste irregular da mangueira de vácuo pode acarretar perda de eficiência com risco de acidentes.

Publicidade

O recall englobou 210 unidades em duas fases. Em maio, foi a vez dos proprietários brasileiros do Discovery 4 serem convocados por problemas no sistema antiblocante (ABS), novamente no freios. Foram 656 unidades produzidas entre agosto de 2014 e fevereiro deste ano.

Antes disso, no início de março, a Land Rover já tinha chamado 104 mil veículos para um recall, também por problemas nos freios, nos Estados Unidos. Ao que tudo indica, para quem gosta de visitar o concessionário os modelos da marca são garantia de satisfação. #Negócios #Famosos #Automobilismo