A Secretaria da Receita Federal liberou nesta segunda-feira, 10 de agosto de 2015, mais uma consulta ao #Imposto de Renda de 2015. É o terceiro lote, estimado em R$ 2,17 bilhões em restituições que serão pagas a 1,74 milhões de contribuintes, no dia 17 de agosto. O índice de correção informado é de 4,24%, que corresponde à variação da SELIC entre maio e agosto deste ano. A restituição ficará disponível no banco durante um ano e se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC.

A consulta pode ser realizada através dos seguintes canais: site da Receita Federal (obtenção do extrato de processamento através do atendimento virtual e-CAC) ou consulta simples, informando apenas o nº do CPF.

Publicidade
Publicidade

Há ainda disponibilidade através do telefone 146 (opção nº 3) ou através dos aplicativos disponíveis para dispositivos móveis como, por exemplo, tablets e smartphones.

A Receita disponibiliza ainda canais de atendimento, caso o valor não for creditado: contato pessoalmente em qualquer agência do Banco do Brasil ou Central de Atendimento através dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

De acordo com os critérios estabelecidos, idosos com mais de 60 anos e portadores de deficiência física ou mental ou moléstia grave têm prioridade. Depois desses contribuintes, as restituições são pagas de acordo com a ordem de entrega da declaração do Imposto de Renda. O terceiro lote ainda contempla as prioridades.

Publicidade

A Receita Federal programou sete lotes para realização dos pagamentos: 15 de junho, 15 de julho, 17 de agosto, 15 de setembro, 15 de outubro, 16 de novembro e 15 de dezembro. Já foram liberados mais de R$ 2,3 bilhões para cada lote anterior, contemplando 1.495.850 contribuintes no primeiro e 1.459.161 no segundo. Informações gerais sobre a Declaração do Imposto de renda podem ser obtidas neste link.

Mesmo com uma infraestrutura bem preparada para uma grande quantidade de acessos simultâneos, tanto o site quanto o aplicativo apresentaram mensagem de erro nesta manhã; possivelmente devido ao congestionamento dado pela volumosa quantidade de acessos. #Governo