Um estudo inédito da consultoria GO Associados, divulgado pelo G1, informa os impactos diretos e indiretos da Operação #Lava Jato na economia brasileira. O impacto devastador pode chegar a R$ 142,6 bilhões. Isso significa uma retração de 2,5% no Produto Interno Bruto (PIB) do país.

Segundo o professor da Fundação Getúlio Vargas, Gesner Oliveira, o impacto diminuiu. A primeira estimativa era de R$ 87 bilhões, depois passou para R$ 187,2 bilhões (3,4% do PIB) e a última projeção divulgada passa dos R$ 142,6 bilhões.

Petrolão

A #Crise econômica que afeta empresas e toda população tem muita relação com os escândalos de #Corrupção da Petrobras, desmembrados pela Operação Lava Jato.

Publicidade
Publicidade

Muitos não conseguiam ter a dimensão do rombo que os desvios do PT e diversos partidos tinham causado. Mas agora já é possível ter uma visão ampla do estrago. Isso que a Operação não tem prazo para terminar. Enquanto novas descobertas forem acontecendo, a Polícia Federal não vai descansar. 

Na última semana, até o ministro-chefe da Casa Civil, o petista Aloizio Mercadante, confirmou que é “evidente" que a Operação Lava Jato tem impacto na economia brasileira. A retração do PIB está totalmente ligada aos escândalos e dinheiro desviados da estatal Petrobras.

O estudo calcula as perdas de acordo com a redução de salários, a redução de geração de impostos, os baixos investimentos da Petrobras, do setor de construção e obras públicas. Segundo a pesquisa, haverá uma queda de R$ 22,4 bilhões nos salários no ano de 2015, cerca de R$ 9,4 bilhões a menos na arrecadação de impostos e o mais preocupante: uma perda de até 1,9 milhão de empregos para os trabalhadores brasileiros.

Publicidade

Segundo Oliveira, as maiores demissões da indústria e construção ainda vão chegar. O final do ano é o período mais preocupante.

No primeiro semestre de 2015, foram 345.417 postos de trabalhos fechados no país, segundo o próprio Ministério do Trabalho. Fora os empregos informais, que também sofrem consequências da crise.

O Banco Central também calcula uma queda de 1,97% da economia brasileira este ano. Os dados não são nada otimistas para o governo petista, que parece perdido diante da crise.