O ano de 2015 não tem sido fácil, mas isso não deve adiar os seus planos de abrir o seu próprio negócio. No final do ano passado, o SEBRAE fez um levantamento dos #Negócios mais promissores para 2015 e alguns deles tendem a continuar crescendo neste segundo semestre. Saiba quais são: 

  • Alimentação

O setor alimentício deve continuar crescendo no segundo semestre deste ano. E segundo o SEBRAE, o preparo de alimentos para consumo domiciliar (marmita, quentinhas, produtos orgânicos, etc) independe do contexto econômico no país. Atividades relacionadas a alimentação estão ligadas às necessidades básicas do ser humano, por isso crescem mesmo em períodos difíceis para a economia, já que seu crescimento está mais ligado ao crescimento populacional do que ao crescimento de renda.

Publicidade
Publicidade

  • Consertos e Reparos

Esse segmento vem crescendo nos últimos anos, mas tende a ganhar mais força agora no segundo semestre. Os consumidores estão mais receosos e é provável que optem pela manutenção em vez de comprar novos bens como: automóveis, eletrodomésticos e equipamentos.

  • Reciclagem

Com o aumento da conscientização ambiental nos últimos anos, muitas empresas e consumidores passaram a buscar soluções mais sustentáveis. Optar por trabalhar com a reciclagem de resíduos como vidro, plástico e alumínio com certeza será um bom negócio.

Segundo a pesquisa o baixo desempenho da economia mundial e a #Crise econômica brasileira em 2015 não está beneficiando a expansão dos Pequenos Negócios, como aconteceu nos últimos anos. Mas a formalização de Micro Empreendedores Individuais tem crescido em todo o país, nas mais diversas áreas do mercado nos últimos anos.

Publicidade

Saiba quais são as vantagens de abrir o seu negócio como MEI:

  • Cobertura previdenciária;
  • Contratação de funcionário com menor custo;
  • Isenção de taxas para abertura de empresa;
  • Acesso a serviços bancários;
  • Redução de carga tributária;
  • Benefícios governamentais;
  • Assessoria gratuita;
  • Segurança juridica.

Saiba como realizar investimentos sem se preocupar com a crise econômica

Trabalhe em casa e ajude o próximo