Com a mudança na tabela de pagamentos do PIS, trabalhadores brasileiros nascidos entre os meses de janeiro e junho tiveram os pagamentos agendados apenas para o ano de 2016. Tal fato ocasionou nervosismo entre a população, haja vista que muitos já contavam com o pagamento do valor nas datas já conhecidas - ao todo, são cerca de 23,4 milhões de trabalhadores. Entretanto, é possível que o governo negocie este prazo, alterando novamente o calendário de pagamentos. Vale salientar que o adiamento dos pagamentos faz parte de um pacote de ajuste fiscal realizado pelo Ministério da Fazenda, onde pretende-se economizar aproximadamente R$10 milhões.

Codefat apresentará nova proposta

Com o auxílio de um grupo de empresários ligados ao Codefat - Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador formado pelo governo federal, empregados e empregadores - será discutida uma nova data para o pagamento do PIS/PASEP.

Publicidade
Publicidade

A reunião acontecerá no próximo dia 26 de agosto.

A proposta que será apresentada pelo Codefat consiste na antecipação dos pagamentos que ficaram para o ano de 2016 em dois meses, ou seja, sejam realizados no mês de janeiro. Apesar de a alteração ainda manter parte dos pagamentos no ano que vem, a medida é de grande valia, já que o primeiro do mês do ano é que mais concentra impostos e despesas extras, tais como IPVA, matrícula e material escolar, dentre outros.

O adiantamento dos pagamentos será analisado pelo Supremo Tribunal Federal, entretanto, vale lembrar que o STF já negou uma primeira proposta de adiantamento, esta realizada pelo PSDB.

Quem pode receber o PIS?

Têm direito ao recebimento do PIS trabalhadores que tiveram carteira assinada no ano de 2014 e receberam, no máximo, dois salários mínimos.

Publicidade

 O valor do benefício é de um salário: servidores públicos recebem o benefício através do Banco do Brasil. Os pagamentos dos demais trabalhadores são realizados pela Caixa Econômica Federal, sendo possível sacar o valor via caixa eletrônico, direto no caixa ou, ainda, em casas lotéricas de todo o país.

Quem deseja consultar o saldo do PIS pode utilizar o Internet Banking da Caixa Econômica Federal: basta informar o número de cadastro no PIS e a senha - para quem não possui uma senha, é possível cadastrá-la no ato da consulta. #Trabalho #Governo #Finança