A crise econômica já é uma realidade no país, o que agravou, e muito, a crise no #Governo da presidente da República Dilma Rousseff. O dólar e o euro sobem a cada nova cotação, assim como sobem quase todos os dias os preços dos produtos, devido a inflação, em lojas, supermercados, farmácias, dentre outros estabelecimentos.

Mas, como controlar essa crise? O professor e especialista em economia, Paulo Ferreira Barbosa, aponta os caminhos para o governo começar a amenizar essa dura e difícil situação nas qual passa o país.

“O governo deveria fazer a lição de casa como, por exemplo, cortar os ministérios, buscar mais racionalidade e controle dos recursos, melhorando sua produtividade.

Publicidade
Publicidade

Seria necessário agir como as empresas/empresários – cortar os custos. A presidência deveria passar mais credibilidade para o mercado, dando bons e melhores exemplos”, afirma.

“O governo deveria incentivar também setores que geram empregos, que são as micro e pequenas empresas. Muitas pessoas têm ideias e não têm o recurso mínimo para abrir o seu próprio negócio. Com o incentivo, elas poderiam ter um conhecimento ampliado e utilizar os bancos públicos para realizar o sonho e ser o próprio chefe”, sugere Paulo Ferreira Barbosa. #Dicas #Crise econômica