Antigamente pensar em ter uma franquia de #Negócios era algo inviável para a maioria dos brasileiros, por conta dos altos investimentos e dos formatos fechados que exigiam muito mais do que a maioria podia oferecer.

Os modelos que eram negociados há cinco ou dez anos atrás eram muito formatados para exigir do futuro franqueado itens como imóvel próprio, infraestrutura mínima, capital alto e uma série de exigências que inviabilizavam a entrada de pequenos e médios interessados. R$ 100 mil, R$ 200 mil e até investimentos de 1 milhão de reais eram predominantes no mercado.

Agora não é mais, pois já surgiu modelos de franquias disponíveis para todos os bolsos e condições.

Publicidade
Publicidade

Até mesmo os modelos tradicionais de fast food, serviços e comércio se renderam e ajustaram seus planos para alcançar também aqueles que possuem menos capital, mas que está disposto a investir em um negócio próprio.

 E a crise parece não atinge o setor. Segundo a Associação Brasileira de Franchising, o mercado cresceu 11,2% no primeiro semestre de 2015, alcançando 13,1% a mais em comparação do mesmo período em 2014.

 HOME BASED É A TENDÊNCIA – Segundo matéria veiculada no jornal mineiro O Tempo, o modelo de franquia que está se popularizando é o formato home based, que dispensa uma estrutura física própria e pode ser desenvolvida em um ambiente dentro da casa do franqueado. Com modelos a partir de três mil reais, logo se percebe que os modelos de negócios estão disponíveis para todo tipo de interessado e bolso.

Publicidade

A maioria desses modelos se conceitua na oferta de serviços, suporte online e gerenciamento por sistema integrado na web, modelo mais atrativo que pode ajudar a pessoa que quer ter um negócio próprio ou investir em uma segunda opção de renda e trabalho.

Capital de Giro, garantias do franqueador e plano de negócio são as principais ferramentas do franqueado para tentar ao máximo obter o sucesso do negócio e garantir lucro e o retorno do capital investido.

Para isso, ele deve estar atendo ao plano de negócios oferecido pelo franqueador, onde deve constar o máximo de informações possíveis sobre o negócio e sua operação no dia a dia, desde o básico até o mais completo processo que envolve a franquia. Este material deve estar acompanhado pela Circular de Oferta de Franquia, que descreve todos os pontos do negócio que é oferecido ao interessado. Casos de sucesso, riscos e dados do setor são importantes nesta hora também.

E quem quer comprar uma franquia deve ter em mente que não é somente o valor gasto para adquirir que será importante para alcançar o sucesso e resultados.

Publicidade

É preciso planejar o custo mensal que um negócio exige como contas de água, luz, internet, contabilidade, impostos, divulgação e funcionários, ou seja, tem que ter capital de giro para manter tudo em dia.

O ideal é que você consiga manter a empresa em dia utilizando uma reserva programada para isso, evitando empréstimos e limites de bancos logo no começo do negócio. Se conseguir colocar dinheiro seu na empresa, mais rápido pode ter o lucro sem precisar devolver aquele dinheiro que tomou emprestado.

 A EXPLOSÃO DE MODELOS DE FRANQUIAS

Hoje temos de tudo um pouco no segmento: Limpeza, Faz Tudo, Limpa Ar Condicionado, Reforma e Pintura, Baby Sitter, Confeitaria e Comidas, Food Trucks, Faxina e Diarista, Academias e Fitness, Lavagem Ecológica de Carros, Reparos e reformas, Seguros e Previdência e muitos outros modelos são oferecidos para o interessado. E claro, os modelos tradicionais também estão aí esperando o próximo franqueado. #Finança #Crise econômica