Trabalhadores brasileiros que tiveram registro em carteira por pelo menos trinta dias em 2014, receberam mensalmente até dois salários mínimos federais e foram inseridos corretamente na RAIS 2014 por seus empregadores têm direito ao recebimento do Abono Salarial, conhecido popularmente por PIS. O valor do benefício é de R$788,00 e é pago integralmente à todos aqueles que preenchem os requisitos.

O benefício pode ser pago por diversos meios: através de depósito direto em conta corrente ou conta poupança da Caixa Econômica Federal, saque em casas lotéricas e caixas eletrônicos da CEF utilizando o cartão cidadão e, direto na boca do caixa, dentro das agências da Caixa.

Publicidade
Publicidade

O calendário de pagamentos leva em consideração o mês de nascimento dos empregados. Os nascidos no mês de setembro, por exemplo, estão recebendo hoje (17) o crédito do valor no cartão cidadão. Entretanto, quem é correntista da Caixa teve o valor creditado já no dia 15 de setembro, segundo cronograma divulgado pela Caixa.

Apesar de grande parte dos trabalhadores ter direito ao PIS, pode acontecer de o valor não ser creditado corretamente. Neste caso, algumas pendências podem acarretar no bloqueio do pagamento:

- Empregador não ter informado corretamente o colaborador na RAIS do ano de 2014;

- Conta bancária da Caixa não ter sido movimentada nos últimos 90 dias (no caso dos depósitos diretos) e possuir saldo menor do que R$1,00 em conta;

- Ter trabalhado em empregos com salários diferenciados e que, quando somados e divididos por 12 meses, ultrapassaram o limite de dois salários mínimos mensais.

Publicidade

Nestes casos, o benefício pode não ser depositado/liberado, sendo necessário que o trabalhador dirija-se à CEF para consultar as possíveis pendências e acertá-las.

A recomendação é de que, antes de ir aos caixas eletrônicos e casas lotéricas realizar o saque do PIS, os trabalhadores consultem a disponibilidade do benefício através do site da Caixa ou pelo 'Alô Trabalho' no número 158, com ligação gratuita de telefones fixos em todo o Brasil. Em caso de divergências, também é possível obter informações pelo Alô Trabalho ou diretamente nas agências da Caixa Econômica Federal.

Você tem direito ao benefício e já conseguiu realizar o saque? Teve alguma intercorrência durante o processo? Compartilhe nos comentários. #Governo #Finança