Um dos maiores transtornos do brasileiro é perceber que os impostos sobem ano após ano, mas quando se fala do aumento da #Gasolina, é fácil perceber que os preços aumentaram muito nos últimos meses. Para se ter uma ideia, em média, os postos estão repassando para as bombas um aumento de 6% do valor anterior, o que acaba afetando o bolso do brasileiro no fim do mês.

Nesta última quarta-feira, 30, todos os Estados receberam o aumento, mas o repasse pode ser contido em alguns postos, pelo menos até o fim da semana, ou quando o estoque terminar, contudo, sabe-se que esse aumento será inevitável e que até a primeira semana do mês de outubro todos os novos preços já estarão valendo.

Publicidade
Publicidade

Em alguns estados o aumento chega a 8%, como na Paraíba, segundo o Sindipetro local, o preço da gasolina poderá alcançar a média de R$ 3,52 a partir do primeiro dia de outubro.

Aumento foi causado por reajuste na Petrobras

Esse aumento significativo na Paraíba é consequência do reajuste da Petrobras, esse pode ser um dos estados com maior percentual de reajuste no Brasil.

Já no estado de São Paulo, o reajuste também ocorreu, o consumidor terá que pagar 6% mais caro pela gasolina a partir de 1º de Outubro. Assim como em outros estados, alguns postos podem manter os preços antigos até o fim do estoque, mas a maioria já fez o repasse hoje e quem não estava avisado acabou se assustando com a novidade.

Em alguns estados, como o Acre, o litro da gasolina era encontrado antes do reajuste por R$ 3,73, mas agora com o repasse ela poderá chegar a R$ 3,93.

Publicidade

Em Alagoas, não será muito diferente, o aumento pode chegar a R$ 0,20 por litro, mas tudo depende do repasse que o posto optou em fazer.

No Rio Grande do Sul, em menos de 12 horas após o anúncio do aumento feito pela #Petrobras, os consumidores já puderam encontrar o reajustes nas bombas da capital, Porto Alegre.

Estados como: Rondônia, Piauí, Paraná, Bahia e Rio de Janeiro, o reajuste ficou por volta de 6%, o que acrescenta cerca de R$ 0,20 no litro da gasolina, em algumas cidades é possível encontrar por até R$ 4. #Blasting News Brasil