De acordo com os cálculos da Associação Comercial do Estado de São Paulo (ACSP), o povo brasileiro alcançou a cifra de quase 2 trilhões de reais pagos em impostos em todo o país. A medição feita pelo impostômetro, foi alcançada no dia de ontem, 21 de novembro, por volta do meio dia, quando o dispositivo atingiu a marca de 1,8 trilhões de reais.

A mesma quantia paga de impostos no ano passado só foi atingida no dia 7 de dezembro, portanto, mais de vinte dias após a data do dia 21 deste mês. A razão para esta rapidez em se atingir a cifra foi o aumento da carga tributária, o qual serviu para se incrementar a quantidade de obrigações fiscais a empresas e aos cidadãos comuns.

Publicidade
Publicidade

A quantidade arrecada diz respeito ao total de impostos, taxas e contribuições pagas por empresas e pessoas físicas, desde o primeiro dia do ano até o dia 21 deste mês de novembro. Qual o destino de todo este dinheiro arrecadado? Para a União, estados brasileiros e aos municípios.

O presidente da ACSP, Alencar Burti, declarou em nota à imprensa, que apesar do cenário de crise econômica e a redução dos níveis de produção por parte das empresas, observou-se uma elevação do montante pago. Isto é explicado por causa do aumento das alíquotas e pela quantidade de imposto que vem crescendo a cada ano. A previsão do mesmo, é que, no final do ano, o consumidor brasileiro e as indústrias tenham desembolsado uma quantia superior aos 2 trilhões de reais. 

O painel eletrônico, que mede os valores de impostos que o brasileiro paga ao governo, constitui uma ferramenta muito interessante.

Publicidade

Ele pode mostrar a quantidade paga por hora, dia, semana, minuto, segundo e serve como um espécie de instrumento para lembrar ao contribuinte como é grande a carga tributária de impostos que todos os cidadãos brasileiros e as empresas pagam diariamente ao governo.

Além disto, ele serve para que a população possa cobrar da autoridades, os serviços públicos de qualidade a que todos, que pagam suas obrigações, tem pleno direito.

Os dados que o impostômetro marca também estão disponíveis na internet. Basta acessar o endereço do mesmo na web e  todos os visitantes terão acesso ao total de impostos que é arrecadado em cada cidade do Brasil. Neste portal, pode-se também ter uma ideia, a partir do montante que é pago, saber o que se pode construir com este dinheiro, por exemplo, quantos postos de saúde, creches, escolas podem ser construídas, ou quantas cestas básicas podem ser doadas. #Finança #Imposto de Renda #Recessão no Brasil