O setor de comunicação social poucas vezes se viu tão ameaçado como com a atual #Crise econômica e política do país. Uma das últimas empresas a anunciar cortes foi o #SBT, que segundo informações do jornalista Daniel Castro, irá demitir em média 100 funcionários em todo o país até o fim do ano. Segundo uma fonte do SBT Rio que conversou com a Blasting News, essas demissões já começaram no Rio de Janeiro. Nesta quarta-feira, 04, alguns profissionais da parte técnica foram avisados que não vão continuar a trabalhar no canal até o ano que vem. Geralmente, o aviso prévio ocorre com pelo menos 30 dias antes da demissão de fato se concretizar, mas nesse caso, o prazo foi um pouco maior. 

A equipe do jornalismo no SBT está temorosa, achando que novas demissões devam acontecer nas próximas semanas.

Publicidade
Publicidade

Oficialmente, a emissora evita falar no assunto. Diversos setores da empresa de Silvio Santos sofrerão baixas O maior número de desligamentos deve acontecer mesmo em São Paulo, já que é na região que o canal tem o maior número de produções. No Complexo do Anhanguera, estão os estúdios de programas de entretenimento e também o de novelas. A dramaturgia de todos os setores deve ser o que terá menos baixa. Isso porque existe a ideia de investir nesse setor assim que a crise passar. 

Outras medidas de economia também estão sendo vistas no setor de jornalismo, como a produção das reportagens para a rede, que antes quase sempre eram feitas pelos repórteres de São Paulo, mas que agora ganharão ares mais regionais, ficando os gastos para isso para as filiais, que em troca ganham o prestígio de exibirem sua canopla em rede nacional. 

Durante todo o ano, outras empresas televisivas também anunciaram cortes, como a TV Bandeirantes.

Publicidade

Os números de demissões divergem bastante, mas a média é de pelo menos 300 em todo o país. Sobrou até para os altos salários. Rafinha Bastos, por exemplo, também foi desligado e programas como o 'Agora é Tarde' extintos.

A alta do dólar e da inflação ajudou nessa conta. #Desemprego