A #Crise econômica está aí, não há mais como negar. Diversos funcionários são demitidos diariamente em grandes empresas, não apenas no Brasil, mas mundo afora também, devido aos recentes cortes de custos, oriundos de recentes abalos econômicos. Porém, por meio da tecnologia e adaptação, há como sobreviver a essa fase de forma harmônica e satisfatória.

Segundo Darwin, a evolução é essencial para a sobrevivência de todas as espécies e no mundo corporativo não é diferente. Os cortes de recursos visam não só economizar no salário de pessoal, mas também, reduzir os custos indiretos da empresa - luz, espaço, ferramentas de #Trabalho, dentre outros gastos.

Publicidade
Publicidade

Atualmente, muitos profissionais estão em busca de recolocação profissional e depositam toda a sua esperança na expectativa de uma contratação CLT, no entanto, o mercado está fraco. Bem, talvez esteja fraco para a recolocação efetiva in loco, contudo, a boa notícia é que há muitas empresas investindo fortemente na contratação de profissionais em modelo home office.

A grande maioria dessas empresas são Start ups nacionais - Isso mesmo! Nascidas em terras tupiniquins - que vêm ganhando muita força no mercado nos últimos anos. Vale a pena conhecer cada uma delas, sobretudo, os seus serviços e plataformas. Caso você tenha uma empresa e pensa em implantar um modelo de trabalho remoto, confira as cinco coisas que deve saber sobre o home office clicando aqui

As Start ups chegaram para reformular o modelo econômico e os métodos de trabalho no Brasil e em todo o mundo, permitindo aos profissionais explorarem todo um potencial de criatividade e networking.

Publicidade

Não há dúvidas de que um o "darwinismo corporativo" existe. Deixe-se levar pela adaptação e evolua! Em breve, muitas empresas darão preferência a profissionais que adotaram a metodologia de home office, devido ao baixo índice de gastos de recursos indiretos.

E se você acha que pode entrar nesse novo modelo de trabalho, não deixe de conferir também as cinco profissões que pagam um bom salário sem sair de casa! #Negócios