Que estamos passando por uma séria #Crise econômica, não se pode negar. A geração que hoje têm seus 25 anos jamais vai saber o que é comprar US1 dólar por R$-0,99 centavos de real. Isto aconteceu logo que o Plano Real foi lançado em julho de 1994 pelo então Ministro da Fazenda e futuro presidente da república, Fernando Henrique Cardoso. Eram tempos em que viagens ao exterior custavam menos que uma viagem ao nordeste brasileiro, por exemplo. Tempos em que nos mercados os alimentos tinham um preço real, sem especulações. Pois é, isso tudo passou , e feliz de quem soube aproveitar.

Nos dias de hoje, com a inflação cada vez mais alta e o dólar e euro flutuando nas alturas, há que se saber o que fazer com o pouco dinheiro que se soube guardar em tempos de fartura.

Publicidade
Publicidade

Não se pode negar que existem excelentes negócios que se pode fazer com bens duráveis e a longo prazo.

A indústria automobilística está agonizando. Não raramente se vê ofertas na televisão ofertando carros com parcelas de R$-299, para pagamento a longo prazo e com uma pequena entrada. Sabendo negociar , o consumidor consegue mimos, como por exemplo, um carro com ar, travas e vidros elétricos, além de um motor mais potente. Sem dúvidas é um excelente momento para quem há muito tempo sonhava com um carro 0 km. Há rumores inclusive, de que a alemã Volkswagen pode se retirar do mercado brasileiro a qualquer momento, tamanha a crise que afeta a empresa.

Para quem almeja uma viagem em 2016 e têm algum dinheiro guardado, este é um bom momento para se pesquisar valores e reservar hotéis. Muitas cidades consideradas pontos turisticos e que costumam estar infestadas por brasileiros estão passando maus momentos devido a #Crise no Brasil.

Publicidade

Santiago, no Chile e Orlando, nos Estados Unidos são bons exemplos. Redes hoteleiras como a Accor, estão fazendo promoções de diárias a R$-99, reais para alguns destinos, na tentativa de convencer o viajante a visitar cidades que oferecem preço baixo em sua estadia. Em ano de Olímpíadas, quando o mundo volta os olhos para o Brasil, o que esperamos é que a economia se revigore pelo menos um pouco, mas será que isso vai acontecer ? Quem viver verá ! #Finança