Muitos brasileiros ainda vivem com o mínimo do salário estipulado pela lei brasileira. O Brasil tem um dos menores salários mínimos do mundo, considerado por muitos especialistas insuficiente para manter uma família de três ou quatro pessoas. Porém, muita gente vive apenas com esse rendimento mensal e acaba ficando dependente da ajuda dos programas sociais do governo e de instituições de caridade não governamentais.

Pois, para muitos brasileiros, que vivem com os 788 reais por mês, o cenário do vencimento mudará a partir de primeiro de janeiro do próximo ano. É que a presidente #Dilma Rousseff acabou de decretar o novo piso salarial, que será de 880 reais.

Publicidade
Publicidade

O reajuste ficou maior do que o esperado no orçamento do governo para o ano de 2016. A porcentagem do acréscimo em cima do antigo piso, chegou a 11,7%, acima das expectativas dos brasileiros. O decreto será lançado no Diário Oficial amanhã.

O Palácio do Planalto divulgou uma justificativa para esse aumento de mais de 11% no salário mínimo, para o governo é preciso continuar valorizando o salário mínimo, pois mais de 40 milhões de brasileiros vivem com esta renda. A ideia inicial dos governantes era que o novo piso fosse de 871 reais, valor esse que foi aprovado no congresso, mas a presidência é quem dá a palavra final.

O que vale para definir o novo salário mínimo é a inflação do ano que passou e quem faz esse balanço é o INPC, somado a variação do PIB dos dois últimos anos. O Ministério da Previdência disse que o INPC foi projetado em 11,57% durante o ano que passou e houve o acréscimo de 0,1% de aumento do PIB, isso avaliado pelo governo esse mês.

Publicidade

Assim o novo salário chegou a 880 reais.

O governo não tem ideia de como o caixa do governo irá sustentar esse acréscimo acima do previsto para o novo piso salarial dos brasileiros. O Ministério do Planejamento está analisando como esse rombo orçamentário será custeado. O Palácio do Planalto, representado pelos seus ministérios ainda disse que milhões de brasileiros trabalhadores a aposentados serão agraciados com o novo salário e que o próximo ano será de crescimento para o Brasil. #Bolsa Familia #Crise econômica