Nesta segunda-feira (18), a notícia foi que as ações da Petrobras (preferenciais, PETR4) operaram em baixa após sofrerem um recuo percentual de 9%, na última sexta-feira. No início de 2016, as ações sofreram queda de 22,8% e ocorreram oito baixas de papéis.

Houve recuo das ações em torno de 3,29%, que se deu às 12h40 e estavam valendo menos de R$5,00. Esse fato ocorreu devido às flutuações dos valores do petróleo, observações que o mercado faz em relação aos perigos de dívidas e à falta de investimentos da empresa brasileira de petróleo.

DÍVIDA

A Petrobras, através de seu conselho administrativo, informou que investirá menos nos anos de 2015 a 2019.

Publicidade
Publicidade

O total será de cerca de US$98,4 bilhões, com uma baixa de US$32 bilhões, percentual de 24,5%, na prospecção inicial.

Esse baixo investimento da companhia se deu devido ao câmbio e aos baixos preços do petróleo na escala mundial. A #Petrobras está endividada e os preços do petróleo em níveis exteriores têm caído, o que dificulta para a companhia e acaba gerando problemas de ordem financeira para os seus setores.

A estatal tem uma dívida que chegou a R$506,5 bilhões, dados de 2015, a líquida em torno de R$402,3 bilhões (setembro de 2015), quando em 2014 devia R$282 bilhões. Atualmente ela detém a maior dívida do mundo.

No ano de 2015 (3º bimestre), a Petrobras obteve perdas líquidas de R$3.759 bilhões, e o lucro líquido nos primeiros nove meses do ano foi de R$2.102 bilhões, o que gerou uma baixa em torno de 58%, comparando-se com o ano de 2014.

Publicidade

AS INVESTIGAÇÕES

 A operação Lava Jato (Polícia Federal) é também ameaça ao futuro de curto e médio prazo da companhia. No mês de abril de 2015 os prejuízos por causa da corrupção na companhia foram em torno de R$6.194 bilhões e sofreu diminuição dos ativos que ficaram em R$44,3 bilhões.

Nesta segunda-feira (18) a Bovespa se encontrava fraca, com perdas na semana e ficou sem ter referência da Wall Street, devido ao recesso nos Estados Unidos. Houve queda nas ações da Bovespa, retroação de 0,87% (38.234 pontos).

As bolsas nos EUA estavam fechadas, por causa do feriado de Martin Luther King. No Brasil, o reflexo foi a bolsa com lucros reduzidos, neste começo de semana. #Crise