Foi divulgada na última segunda-feira (04) a lista de feriados oficiais e pontos facultativos para o ano de 2016. No decorrer do ano, teremos um total de nove feriados nacionais e cinco facultativos. Confira a lista completa:

Em fevereiro, dos dias 08 a 10, em comemoração ao #Carnaval e a quarta-feira de cinzas, os três dias são considerados facultativos.

Para março, a paixão de Cristo ou sexta-feira da paixão será no dia 25 e é considerada feriado nacional.

Em abril, a Inconfidência Mineira no dia 21 cairá em plena quinta-feira. Ótima oportunidade para estender o fim de semana para viajar ou descansar.

Em maio, teremos um feriado e um ponto facultativo.

Publicidade
Publicidade

Um será no dia 1 que é comemorado o dia mundial do trabalho e é considerado feriado nacional. Esse será em um domingo. Mais tarde, no dia 26, é dia de Corpus Christi, que é considerado ponto facultativo.

Junho e julho não terá nem feriado e nem ponto facultativo.

Em setembro, o dia 7, que comemora o dia da Independência do Brasil, será em plena quarta-feira. O dia é considerado feriado nacional e é comemorado com desfiles cíveis por todo o Brasil.

No dia 12 de outubro é comemorado o dia da Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida. O dia é considerado feriado nacional. Em seguida, no dia 28, sexta-feira, o dia do servidor público é comemorado com ponto facultativo.

Em novembro, o dia 2 é o dia para lembrarmos dos entes queridos falecidos. O dia de finados é marcado por visitas aos cemitérios por todo o Brasil e será em uma quarta-feira.

Publicidade

No dia 15, terça-feira, a Proclamação da República é comemorada também com desfiles cíveis em grande parte do país. Ambos são considerados feriados nacionais.

Em 25 de dezembro, o #Natal que celebra o nascimento de Cristo também é considerado feriado nacional e será em um domingo.

Impacto na economia

Segundo levantamento feito pela Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), a perda da indústria com feriados em dias de semana ultrapassará os R$54 bilhões, o que representa 3,7% do PIB brasileiro. #Negócios