Tramita no Congresso Nacional um projeto de lei o qual visa extinguir o uso do real em transações bancárias, empréstimos, financiamentos entre outros serviços financeiros. Além disso da compra e venda de produtos seriam realizadas apenas com cartões de crédito ou débito.

O projeto é de autoria do deputado federal Reginaldo Lopes (PT), o qual defende uma lei que visa extinguir a produção de cédulas em dinheiro e determina que as transações financeiras sejam realizadas através de sistemas digitais.

Em primeira instância o fim do real parece algo improvável. Mas a realidade está bem diferente daquilo que podemos imaginar tornando-se um tema de grande importância.

Publicidade
Publicidade

Atualmente a maioria das transações bancárias são realizadas de forma digital, sendo em sites de bancos, através de cartões de crédito, débito ou por meio de celulares. Daqui alguns anos os meios de pagamentos digitais poderão fazer com que o dinheiro em espécie caia no esquecimento. Sem falar que o crime organizado, grupos terroristas, tráfico de drogas e pessoas corruptas que se utilizam da lavagem de dinheiro para enriquecimento ilícito estariam facilmente em mãos dos controles financeiros.

Os principais benefícios da emenda parlamentar visam eliminar as corrupções ativa e passiva. Onde todas as transações financeiras serão rastreadas sendo praticamente impossível á prática de tais crimes. Todas as movimentações financeiras seriam oficializadas através de transações bancárias e as nossas despesas pessoais seriam oficializadas via cartões de crédito ou débito.

Publicidade

Outro ponto importante é que a tal emenda diminuirá os tributos federais estaduais e municipais. A sonegação de impostos seria controlada com a possibilidade de um maior controle fiscal, além da implementação de uma reforma fiscal e tributária. Os crimes como assaltos a bancos, arrombamentos de caixas eletrônicos, assaltos a lotéricas, postos de gasolina e saidinha de banco seriam praticamente eliminados.

''No decorrer da emenda muitos ajustes precisarão ser implementados e o desenvolvimento de algumas soluções serão necessários para dar praticidade a proposta. Alguns ajustes serão pontuais e com a atual tecnologia seria fácil de atendermos as demandas para implementação".

''Para isso será necessário a formatação de uma política governamental com o objetivo de buscar medidas para a efetivação da emenda. O Congresso deverá agir como o percursor de políticas inovadoras diante a sociedade. E ouvir a opinião de especialistas no setor estabelecendo uma política de estado e propondo a extinção e circulação do real em espécie. O que poderá trazer muitos benefícios para sociedade, colocando o país dentro de um novo patamar de organização fiscal e tributária. Aliando esse fator no combate a #Corrupção sonegação de impostos e lavagem de dinheiro'' conclui Lopes. #Crise no Brasil #Congresso Nacional