Olhando assim parece pegadinha, mas não é. Poucas pessoas sabem disso, mas o SEST SENAT não vai cobrar nada daqueles que estão em busca da primeira habilitação ou mudança de categoria. Para isso, basta que os interessados estejam dentro dos requisitos estipulados pelo órgão. 

Essa iniciativa deve ajudar muita gente, pois cada vez mais as oportunidades no mercado de trabalho cobram a carteira de motorista, como parte das exigências. Ou seja, muitas oportunidades são perdidas pela falta desse tipo de  documento. No site oficial, os interessados encontram todas as informações adicionais, bem como um termo de compromisso.

Quem pode participar?

O cadastro pode ser feito pela internet e o candidato deve comprovar renda individual de até três salários mínimos.

Publicidade
Publicidade

Também é importante saber ler e escrever. Esses são os primeiros requisitos necessários para aqueles que pretendem participar da seleção.

As pessoas interessadas em tirar a primeira habilitação devem ter entre 18 e 27 anos. Já os que possuem a CNH, pelo menos há um ano, mas desejam mudar de categoria precisam ter entre 21 e 50 anos. É importante destacar que esse participante não pode ter cometido nenhuma infração de trânsito grave ou gravíssima. A participação de reincidentes em infrações médias, nos últimos 12 meses, também é vedada.

Prazo

As inscrições podem ser realizadas até o dia 25 de janeiro de 2016. No total são 3775 #Vagas destinadas à primeira habilitação e 2960 para mudança de categoria.

Cadastro

O acesso é realizado por meio do site do SEST SENAT. Na barra superior, o candidato deve clicar em “Projetos especiais” e em seguida optar por “Primeira habilitação para transporte”, se for para tirar a carteira de motorista, ou “Habilitação profissional para transporte”, no caso da mudança de categoria.

Publicidade

A divulgação do resultado da seleção, que é aleatória, será feita por e-mail.

Cidades participantes

Primeira habilitação: Salvador, Rio de Janeiro, Juiz de Fora, Bento Gonçalves, Belém, Natal, Santa Maria, Araçatuba, Fortaleza, Governador Valadares, Pelotas, Uberlândia, São Gonçalo, Teófilo Otoni, Passo Fundo, Criciúma (São João), Barra Mansa, Santa Maria e Sorocaba.

Mudança de categoria: Rio de Janeiro, Bento Gonçalves, Piracicaba, Chapecó, Juiz de Fora, Uberlândia, Teófilo Otoni, Imperatriz, Caruaru, Campinas, Santo André, Salvador, Goiânia, Campina Grande, Natal, Rondonópolis e Natal.

O prazo para a inscrição está curto, por isso, uma informação como esta merece ser compartilhada. Recomende para os seus amigos nas redes sociais, assim eles também pode ser beneficiados. #Trabalho #Governo