O dólar nesta sexta-feira (19/02) se mostrou volátil devido à queda no preço do petróleo e diante das oscilações no panorama econômico do país, que foi desde a notícia dada pelo governo até os demais acontecimentos no mundo.

ANÚNCIO DO GOVERNO

O governo anunciou que haverá contenção de gastos de acordo com informações de Nélson Barbosa (Ministro da Fazenda) e Valdir Simão (Planejamento) e foi autorizado o corte de despesas de R$25 bilhões.

QUEDAS

O dólar comercial obteve queda de 0,14% e ficou a R$4,0540, o preço para compra a vista foi de R$4,0504 com alta de 0.18%.

VEJA A COTAÇÃO DO DÓLAR NESTE 19/02

  • No horário de 9h10 o dólar obteve a baixa de 24% e ficou a R$4,0392.
  • No horário de 9h50 ficou com baixa de 0,08% e chegou a R$4,0457.
  • Ás 10h30 se elevou a 0,02% e ficou em R$4,0501.
  • Das 11h ás 11h50 ficou com os preços de: R$4, 0405, (com queda de 0,2%), a R$4,0445 (queda de 0,11%) e R$4,051 (alta de 0,04%).
  • Às 12h20 obteve queda de 0,18% e chegou a R$4,0417.
  • No horário de 12h40 se elevou a 0,2% e chegou a R$4,0575.
  • Das 13h ás 14h09 obteve altas de 0,27%, 0,23% e 0,1% e chegou a R$4,0602, R$4,0583 e R$4,0534.
  • Às 14h40 caiu em 0,26% e ficou a R$4,0384.

O PETRÓLEO

O petróleo oscilou e caiu, mas houve a probabilidade de acabar a semana com índice de elevação.

Publicidade
Publicidade

A falta de esperança devido às ofertas no mercado mundial fez com que a procura pelos ativos no Brasil caísse. Os preços do petróleo no mundo variaram: a Brent com queda de 2,68% sobre U$33,36, o WTI (Estados Unidos) sofreu baixa de 3,77% sobre U$29,61.

O fato da Arábia Saudita não diminuir a sua produtividade petrolífera, foi um dos fatores para a queda do preço do petróleo no mundo, pois há uma grande demanda.

OS ESTADOS UNIDOS

A inflação nos Estados Unidos apresentou elevação, a maior em anos e os juros americanos poderão se elevar neste ano de 2016, de acordo com o FED (Federal Reserve- Banco Central Norte-americano).

Todos os fatores influenciaram no sobe e desce do dólar, as oscilações são evidentes. A economia do Brasil não é das melhores e os investidores esperam que ocorram mudanças favoráveis e que façam o país crescer.

Publicidade

As expectativas do mercado, a grande oferta do petróleo no mundo e que gerou as quedas nos preços, os reflexos do leilão do Banco Central que colocou a venda os Swaps que irão vencer em março, esta ação irá interferir no câmbio. Esses fatores são os responsáveis pela oscilação da moeda americana no Brasil. #Finança #Crise econômica