Uma grande tensão toma conta de economistas de várias vertentes, segundo notícia veiculada no Jornal Estadão. O Brasil pode falir e quebrar como aconteceu na década de 80? Nas últimas semanas diversos relatórios de instituições que analisam a situação econômica do país alertaram sobre essa possibilidade.

Relatórios constatam uma profunda recessão econômica, aumentos de gastos e dívidas fazem com que o Brasil corra o risco de dar um grande calote

Parece iminente um risco de calote na dívida pública do país, pois a economia está literalmente encolhendo. No ano passado, foi verificado uma retração de 4% e a projeção para esse ano também é de 4%, no total seriam 8% em dois anos.

Publicidade
Publicidade

Veja os fatores que induzem a grave deterioração da economia brasileira, dados do ano de 2015:

  • Em torno de cem mil lojas fecharam as portas
  • 1,5 milhão de postos de trabalho foram fechados
  • O número de desempregados no país chegou a 9 milhões
  • 1 milhão de alunos trocaram escolas particulares por escolas públicas
  • Aumento de pessoas que perderam planos de saúde e foram obrigados a utilizar o SUS

A dívida pública brasileira hoje equivale a 66% do PIB e pode chegar a 90% nos próximos meses

A grande queda da atividade econômica do país faz com que haja um aumento do rombo nos caixas da União dos estados da federação e também dos municípios.

A arrecadação com impostos reduz e isso gera um efeito dominó na economia fazendo com que a dívida pública aumente desenfreadamente, podendo chegar aos incríveis 90% do PIB (Produto Interno Bruto) que é a soma de riquezas de todas as atividades econômicas do país.

Publicidade

Governo garante que não há risco de quebra do país e afirma que está tomando todas as medidas para estabilizar a economia

O governo federal afirma que não há a possibilidade de quebra do país e que todas as medidas cabíveis que precisam ser tomadas para evitar o calote da dívida pública estão sendo tomadas, porém, existe uma grande dificuldade dentro do próprio governo para encontrar apoio.

O que se observa no cenário político é uma grande divergência política e ao que parece, problemas internos e interesses partidários estão sendo colocados em primeiro plano.

E a grande pergunta fica no ar, aonde o Brasil irá parar? Comente, Dê sua opinião e reflita sobre a situação econômica do país. #Desemprego #Crise econômica #Crise no Brasil