O espírito empreendedor brasileiro e a vontade de abrir o seu próprio negócio num período de #Crise tem aumentado o número de aberturas de franquias em todo o país. Estima-se que o mercado tenha crescido entre 9% a 10% em 2015 e projeta um percentual acima do PIB para 2016.

Os indicadores econômicos ainda não apresentam um momento de retomada demonstrando que país ainda atravessa um período de crise. A previsão estimada do PIB é de uma contratação de 3,5% (segunda queda em 2 anos), uma inflação estimada de 7,59%, ou seja acima do teto da meta (6,5%), uma taxa de desemprego estimada em 8,4% para Fevereiro de 2016 e uma queda de 3,7% (em relação a 2014) do rendimento médio do trabalhador.

Publicidade
Publicidade

E ainda temos um período atual de 8 meses  para realocação média no mercado de trabalho. O que penaliza ainda mais o desempregado, tendo em vista que o seguro desemprego a que tem direito será pago por no máximo 6 meses.

Todos esses fatores fazem com que as pessoas busquem como opção a abertura de um novo negócio. Realizar o sonho de ter a sua própria empresa. Inclusive com estímulos do governo que promete liberar mais crédito para micro e pequenas empresas.

E a franquia surge como uma opção de investimento para aqueles que buscam contar com uma marca reconhecida, suporte de marketing, logística de materiais e conhecimento do mercado.

Um exemplo é a Franquia “Fábrica de Bolo” que passou de 44 para 128 lojas em 2015 e tem planos de ampliar para a cidade de São Paulo em maio e para os Estados Unidos em julho ou agosto.

Publicidade

Esse negócio de sucesso começou como a maioria das empresas abertas sem muita estrutura, com um conhecimento familiar sobre o negócio, com recursos próprios e toda família envolvida na produção e venda.

Alguns fatores em momentos de crise acabam tornando-se mais vantajosos que em períodos de crescimento, como por exemplo: locação de espaços comerciais, empregados mais qualificados, maior possibilidade de desconto e fidelização dos clientes por meio de um atendimento personalizado.

Num mercado como o atual não é possível identificar qual setor será destaque mas as franquias tem sido uma opção de investimento já que mantém uma tendência de crescimento para um período de #Crise econômica. #Crise no Brasil