Nesta segunda-feira (21), o dólar subiu. Essa elevação foi uma resposta à atitude do BC (Banco Central) tentando frear a baixa da moeda estrangeira. O BC irá leiloar neste dia (21), vinte mil vinte mil swap cambial reverso.

O Ibovespa obteve uma pequena elevação, devido às ações da Petrobras, da Vale e do setor comercial. Os juros a vencer, se elevam em prazos menores e sofrem retroação no período longo.

Os empreendedores estão ligados nos acontecimentos da atual crise política brasileira. O ministro Gilmar Mendes (STF), na sexta-feira (18), cancelou através de uma liminar, a posse do ex-presidente Lula a ministro-chefe da casa civil.

Publicidade
Publicidade

Essa notícia, não afetou o comércio, pois eles já haviam prognosticado o possível Impeachment de Dilma Rousseff.

A moeda americana para pagamento à vista se elevou em 0,81%, ficando a R$ 3,6292 e o dólar comercial obteve o percentual de 1,28%, chegando a valer R$ 3,6290.

O dólar comercial, na última sexta-feira (18), havia fechado a menos de R$ 3,60, isso fez com que o BC anunciasse a venda dos contratos cambiais, através de leilão. A oferta para o dia 21 chega a U$ 1 bilhão, em negócio de swap cambial reverso. Caso comercialize o que foi disponibilizado, o BC diminuirá em U$ 1 bilhão a reserva de swap tradicional.

O BC, na quinta-feira (17), deu a entender, que diminuiria os contratos em torno de U$ 2 bilhões, ao informar que mudaria uma parcela dos contratos, que irão vencer no início do mês de abril.

Publicidade

Essas duas deliberações causaram um impacto de U$ 3 bilhões.

O BC notificou que o comércio do exterior dá as perspectivas necessárias, para que se realizem as vendas dos swaps cambiais, restringindo as rolagens diárias.

Essa negociação, que ocorrerá nesta segunda-feira (21), segundo os especialistas da Guide Investimentos, não acontecia desde o ano de 2013, junto com a rolagem de partes dos contratos a vencerem. Essa medida baixará os swaps que estão em torno de U$ 108 bilhões.

O BC deseja que a moeda americana fique valendo mais que R$ 3,50, segundo a Lerosa Investimentos.

O acordo de DI a vencer em janeiro (2017) se elevou de 13,760% e foi para 13,795%, o DI de janeiro (2021) retrocedeu no percentual de 14,010% a 13,920%, reflexo da inflação.

A previsão da inflação em 2016 é um IPCA com percentual de 7,43%, ante projeção de 7,46%, informações da Focus, nesta segunda-feira (21).

A perspectiva para a Selic (taxa básica de juros) é que feche o ano em 14,25%, previsão da semana anterior.

Publicidade

A prospecção para 2017 é de 12,50%.

O Ibovespa teve ganhos em torno do percentual de 0,30% e chegou aos 50.966,66 pontos. Houve recuo das ações da Petrobras em torno de 0,24% e ficou a R$ 8,10 (PN) e 0,38% a R$ 10,36 (ON). O petróleo Brent (Londres), teve o percentual em menos de 0,22%, valendo U$ 41,11 (preço do barril), o WTI com queda de 0,30% a R$ 39,32. A empresa informará o seu balanço, dos três últimos meses neste (21).

As ações da Vale tiveram queda de 0,62% e ficou a R$ 11,20 (PNA) e 1,89%, valendo R$ 415,04 na (ON). O setor financeiro divergiu, o Itaú Unibanco (PN) caiu 0,96%, Bradesco (PN) obteve alta de 0,90%, Banco do Brasil (ON) com recuo de 0,14%, Santander unit, com menos 1,75% e BM&-FBovespa (ON) com menos de 0,32%. #Finança