A crise está atingindo em cheio as franquias também. Muitas delas estão fechando e empresários estão perdendo o dinheiro investido e causando mais desemprego no país. A situação realmente é crítica e muitas pessoas estão com dívidas enormes. No ano passado, 13 mil empresas foram fechadas no Brasil, o que representa 6% de fechamento das franquias, desde 2015. A situação econômica do Brasil tem feito as vendas despencarem dramaticamente nos últimos anos, e, como consequência, o desemprego neste setor cresceu também. Patrícia Baxmann Capoluto, 30 anos, abriu uma franquia em São Paulo da Brasil Cacau e acumula uma dívida de 200 mil reais. Ela afirma: "A franquia era um sonho e hoje é um pesadelo.

Publicidade
Publicidade

Quando eu adquiri, era R$ 40 mil a previsão de vendas/mês. Atualmente, não consigo vender R$ 20 mil/mês. O custo fixo da minha operação é muito alto, os royalties são muito altos e vai virando uma bola de neve". São muitos exemplos como este no país, como Luciana Lloveras, 41 anos que abriu em uma franquia da Ice Mellow, em São José dos Campos, e foi obrigada a fechar a empresa após três anos de atividade. Ela reclama: "Antes do país entrar em crise a gente conseguia ao menos pagar tudo", diz a empresária, que baixou as portas 4 meses antes do término do contrato, acumulando dívida de mais de R$ 200 mil, incluindo aluguel e royalties atrasados.

Enquanto isso, a situação política do país está extremamente grave e o pedido de #Impeachment será votado no dia 17, domingo próximo, no Congresso, e até mesmo a OAB quer que a Dilma fique inelegível por oito anos, alegando que ela agravou a #Crise econômica com uma política econômica desastrosa, além dos casos graves de corrupção na Petrobras.

Publicidade

A situação econômica realmente é preocupante e até a imprensa estrangeira está criticando fortemente a presidente Dilma.

Com o aumento dos preços de um modo geral, a situação das franquias está em um momento muito difícil. Os empresários estão com dificuldades para pagar o aluguel, os royalties e são obrigados a fechar as portas. Muitos estão apostando no impeachment da presidente Dilma para que o mercado possa reaquecer e dar novas oportunidades de investimento externo no país. Muitos que fecharam as franquias afirmam que têm saudades do tempo em que tinham carteira assinada. A insegurança no Brasil deve continuar por um tempo ainda segundo muitos especialistas. A expectativa é de que uma nova e competente equipe econômica, em um provável governo de Michel Temer, possa dar uma nova esperança a todos os empresários e trabalhadores do Brasil. #Dilma Rousseff