Na tarde desta sexta-feira, 15, começou a ser veiculada na televisão e na internet um comercial do Habib's com manifestantes gritando. A peça publicitária tem cerca de quinze segundos. Ela começa na Bolsa de Valores, quando um dos negociantes recebe a mensagem de 'Caiu'. Eles então comemoram a notícias. Em seguida, as imagens mostram o que parece ser um protesto político. De um lado, pessoas utilizando roupas vermelhas. Do outro, bandeiras e roupas das cores da bandeira nacional, verde e amarelo.

No momento em que os dois lados ameaçam um confronto, um homem grita que "CAIU". Dois homens então se abraçam. Cada um deles com uma cor de roupa diferente.

Publicidade
Publicidade

Em seguida, todos se abraçam e comemoram. No vídeo então aparece um restaurante do Habib's e um locutor avisa que um dos lanches mais populares da empresa, a 'Bibsfiha' estava mais barata, por R$ 0,79. O preço anterior era de R$ 0,99. 

O comercial em tempos de crise aparece justamente no momento em que o Brasil está polarizado politicamente. Os manifestantes de vermelho para quem assistiu ao comercial pela primeira vez lembraram os que apoiam a presidente da república Dilma Rousseff. Já os demais, utilizando o verde e amarelo os seus opositores, que pedem o #Impeachment. A empresa deu a entender que está comemorando a queda da presidente e ainda fez graça com o assunto. O produto publicitário passou a ser exibido faltando poucos dias para a votação na Câmara dos deputados que votará sobre o impeachment da líder petista, que acontece neste domingo, 17, a partir das 14h.

Publicidade

Veja abaixo o vídeo com o comercial de 15 segundos:

A campanha lembrou ainda a divisão dos protestos que está sendo feita pelo governo do Distrito Federal. O governo decidiu montar barricadas para dividir os manifestantes, evitando assim que eles entrassem em confronto. A campanha rapidamente ganhou repercussão nas redes sociais e foi elogiada por muitas pessoas, que chegaram à classificá-la como genial. 

O mercado espera o resultado do impeachment. A expectativa é que com a queda de Dilma a economia melhore, o dólar caia e os empregos voltem a crescer.  #Negócios