Para o Sporting, na voz do seu presidente Bruno de Carvalho, o Benfica está falido e precisa de sacrificar passes dos seus principais jogadores para conseguir obter empréstimos bancários. Tal como informa o jornal “Diário de Notícias”, Bruno de Carvalho, através de mais uma mensagem no seu Facebook, atacou novamente o rival, garantindo que o Benfica precisa de penhor dos passes de onze dos seus jogadores para sobreviver financeiramente e que os benfiquistas estão sendo enganados há muito tempo pela direção atual do clube.

Em uma altura em que a rivalidade entre o Benfica e o Sporting está mais quente do que nunca, Bruno de Carvalho não tem problema nenhum em revelar alguns dos podres financeiros do seu eterno rival, garantindo mesmo que o Benfica está falido e que existe uma enorme “cegueira” entre os sócios benfiquistas para não perceber aquilo que para o presidente do Sporting parece óbvio.

Publicidade
Publicidade

Em um discurso muito agressivo, um pouco à imagem de Bruno de Carvalho, o presidente leonino voltou a questionar as datas das partidas do Benfica, garantindo que também aí não existe uma grande clareza nas últimas semanas. Quanto às penhoras de passes como os de Luisão, Gaitán e Pizzi, Bruno de Carvalho garante que isso só prova que o Benfica está falido e que apenas faz isso para conseguir empréstimos que sem essas garantias muito provavelmente não aceitariam emprestar dinheiro ao rival, que mudou recentemente a sua política de contratações.

 Na verdade, Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, garantiu há um ano, que coincidiu com o abandono de Jorge Jesus, que o clube iria mudar muito o seu plano financeiro e que iria mudar drasticamente a forma que vê as oportunidades de mercado, tentando ao máximo investir em talento nacional e que sobretudo já esteja presente há muitos anos na instituição.

Publicidade

Nas redes sociais, muitos portugueses, sobretudo benfiquistas, ficaram chocados ao descobrir que o passe de muitos dos seus principais titulares têm que ser penhorados e sacrificados para que o clube consiga obter empréstimos. #Negócios #Europa