O governo #Dilma Rousseff, com a sua má gestão, deixa o Brasil de joelhos diante da crise política que já perdura há mais de 2 anos. Com os sucessivos escândalos de corrupção, o país entrou na pior recessão já vista em um século. O Brasil agora deposita suas esperanças no Congresso e confia que o mesmo acabará com os desmandos da classe política. Na confiança em um futuro governo Temer, o mercado financeiro dispara e crê no seu apoio para desenvolver a economia e trazê-la de volta aos trilhos.

A realidade da economia brasileira

Na realidade, a economia do Brasil sofreu sua pior queda e o crescimento perdeu o fôlego. Baseado no modelo de altas commodities, com o consumo em patamares altíssimos, em um passado ainda recente, o país sofreu sua pior queda e não poderá contar com a China, que, por sua vez, já enfrenta seus próprios problemas.

Publicidade
Publicidade

E, por consequência, não haverá estímulo capaz de combater a alta inflação e o déficit público. O Brasil é a imagem do desalento.

Governo Temer X Dilma

O mercado, que deposita suas expectativas na troca de governo, talvez esteja se precipitando. Segundo André Perfeito, chefe da Gradual Cctvm em São Paulo, não existem pólos dinâmicos e a solução está no médio e longo prazos. A economia que, em 2010, era só euforia, tendo o Brasil como o mais querido na Wall Street, em Nova York, tinha um crescimento de 7,5%, agora o país é a imagem da recessão e não mais detém o grau de investimento que foi, outrora, a sua estrela. O governo Dilma, que jogou a sujeira para debaixo do tapete e recorreu aos cofres públicos para tapar buracos, se viu no centro de um pedido de impeachment. Agora, a presidente parou o país, congelando sua agenda econômica.

Publicidade

E, por sua vez, Temer não tem o poder de fazer milagres, tendo, como seu grande desafio, que recuperar a confiança dos investidores.

Os 40 milhões de pessoas que saíram da pobreza e tiveram seus anos dourados, de fartura, comprando suas casas próprias e carros, experimentam o remédio amargo do retrocesso. A perspectiva do impeachment agora é real e o desejo da maioria dos brasileiros. A situação do país piora a cada mês e os investimentos, no Brasil, enfrentam sua pior queda em 10 trimestres consecutivos, chegando a somente 16,8% do Pib (Produto Interno Bruto). #Crise econômica #Michel Temer