O brasileiro é um povo alegre por natureza e gosta de viajar. Aliás, quem não gosta de conhecer outros países e culturas? E o que tem facilitado, e muito, o resgate das viagens internacionais é a queda sensível na cotação do dólar norte-americano, fazendo com que as agências de #Turismo ofereçam pacotes e viagens ao exterior a preços módicos. 

Em 2015, a moeda dos EUA atingiu, no mês de setembro, o valor de R$ 4,25, enquanto que hoje, o seu valor oscila na faixa de R$ 3,45. Tanto é assim que o portal virtual 'Quanto Custa Viajar' revelou 9 destinos internacionais mais em conta para as viagens mediante o valor atual da moeda estrangeira. 

Alguns dos destinos estão mais perto do Brasil, outros bem longe, todavia, a relação da distância do local escolhido pelo viajante, se comparada às atrações do país no exterior, já contabilizando as despesas com transportes em geral, hotelaria e a alimentação, realmente é algo que vale a pena.  #Crise no Brasil #Eta Mundo Bom

Nove destinos internacionais baratos para brasileiros

  • Cidade do México – México: o cálculo do custo diário é de R$ 174,00. As passagens de ida e volta a partir de São Paulo, iniciam no valor de R$ 1.777,00. O sítio arqueológico do povo asteca, Teotihuacán, e as lindas praias do México, com seus resorts confortáveis, valem o investimento promocional acima. 
  • Punta del Este – Uruguai: R$ 155,00 é o custo diário e o valor inicial de R$ 1.363,00 para a passagem aérea. No Uruguai, pode-se conhecer a escultura Los Dedos de graça e também a Playa Brava.
  • Lisboa – Portugal: os gastos diários somados com alimentação, transporte e atrações são de R$ 190,00 e a passagem (ida e volta) tem preço inicial de R$ 2.233,00. Os valores para se alimentar e hospedar nas terras lusitanas são bem mais baratos se comparados ao restante dos países europeus, onde se almoça pagando de R$ 30,00 a R$ 60,00.
  • Bangcoc – Tailândia: tem um custo por dia de aproximadamente R$ 98,00 e a passagem de avião custa, inicialmente, R$ 2.470,00. Um café da manhã rebuscado na Tailândia está no valor de R$ 10,00 e um jantar oscila de R$ 7,00 até R$ 30,00.
  • Santiago – Chile: custo por dia de R$ 123,00 e bilhete de avião no valor inicial de R$ 877,00.  O viajante pode conhecer o Cerro San Cristóbal e o museu do Palácio da Moeda, com direito às idas para o Vale Nevado e à tradicionalíssima vinícola Concha Y Toro. 
  • Madri – Espanha: o custo para um dia em Madri é de R$ 200,00 e passagem de ida e volta sai a partir de R$ 2.370,00. A gastronomia espanhola é vasta nas ofertas de alimentos saborosos e baratos, onde um jantar, no país ibérico, varia de R$ 43,00 a R$ 78,00 por pessoa.
  • Buenos Aires – Argentina: apresenta um custo diário de R$ 137,00 e bilhete aéreo iniciando no valor de R$ 1.000,00. Vale frisar que o Real, frente ao Peso argentino, é ainda mais valorizado. Um farto jantar em Buenos Aires, custa cerca de R$ 70,00 por turista.
  • Nova Délhi – Índia: tem um custo por dia de R$ 70,00 e passagem aérea que começa com o valor de R$ 2.275,00. A Índia pode oferecer a hospedagem mais barata, com o valor estimado em R$ 38,00. Obviamente, há hotéis muito mais caros, dependendo de quanto dinheiro o viajante tem para gastar.
  • Cartagena das ÍndiasColômbia: custo diário de R$ 93,00 e passagem a partir de R$ 1.327,00. O ambiente, com casas multicoloridas, tombado pela UNESCO como Patrimônio Mundial da Humanidade, aliado à beleza natural do local, faz a viagem valer muito a pena.