As pessoas geralmente sonham com uma carreira promissora para oferecer maior tranquilidade para seus filhos, aposentar-se bem, entre outros motivos. Na prática, é possível buscar uma realização pessoal no trabalho do dia a dia, mas para isso é necessário muito empenho e responsabilidade. Em um aspecto geral, a maioria da população brasileira está endividada e precisando de dinheiro.Tudo causado pela falta de controle nas finanças pessoais. Para alguns, a prática em administrar as finanças parece ser algo muito difícil e chato. Para isso você deve pensar antes de agir e evitar a autossabotagem. Confira as seis farsas, mantidas como verdadeiras, as quais afastam a maioria dos brasileiros do enriquecimento.

Publicidade
Publicidade

1. Não consigo controlar minhas finanças

Geralmente uma boa educação financeira está mais relacionada aos objetivos do que aos números. Por isso, é comum vermos pessoas endividadas até o ''pescoço'': ''Nesses casos, o ideal seria adotar uma escolha correta, antes de realizar seus sonhos”, ressalta Reinaldo Domingos, professor em educação financeira e diretor da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin). ''Comece organizando uma lista com todas sua despesas para descobrir o quanto endividado está''.

2. É muito cedo para pensar em aposentadoria

Para um futuro financeiro seguro e sustentável, aconselha-se guardar parte de sua renda até o final da vida. Ou seja, uma aplicação de R$100,00, suponha-se que este investimento lhe renda por volta de 0,06% ao mês.

Publicidade

Dentro de um mês você alcançará R$106,00. Levando em consideração que este 0,06%será aplicado sobre esse valor e não sobre montante aplicado.

3. Vou começar a aplicar depois que receber um aumento de salário

Ao adotar esta linha de pensamento, você poderá perder um bom momento para começar a investir: ''O importante é continuar com a motivação em realizar o investimento. Sempre é possível guardar um pouco de dinheiro, mas antes é preciso fazer um diagnósticos para descobrir quais são as maiores despesas do lar''.

O ideal seria que você organizasse todas as suas finanças em uma planilha do Excel. Somente assim saberá exatamente qual o valor aplicado em cada investimento.''Para começar a investir basta fazer algo muito simples, determinar onde o montante será aplicado e o percentual do investimento''.

4. Ficar rico está fora da minha cogitação

Quem disse que é fácil ficar milionário? Mas não é tão difícil quanto parece ser. Após realizar uma reserva financeira e tornar seu meio de vida mais confortável.

Publicidade

Você necessitará adotar uma estratégia para que suas finanças lhe rendam mais. Em geral a maioria dos investimentos no Brasil estão interligados com as cadernetas de poupança: ''Infelizmente a maioria dos brasileiros anda desinformada, muitos nem faz ideia de que as aplicações em títulos do tesouro podem chegar a 5% ao ano e com baixíssimo risco''.

5. Um gasto a mais não fará diferença

Uma compra aqui, outra parcela ali, e depois que a fatura do cartão estoura você leva aquele susto. E agora você percebeu que está com dificuldades para quitar suas dividas: ''Sem controlar direito seus gastos é muito fácil perder-se nas parcelas'', explica William Eid, responsável pelo Centro de Estudos em Finanças da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Para ele pagar à vista é sempre a melhor opção.

6. Investir é muito difícil e não tenho experiência no assunto

O mercado de investimentos parece muito complicado, mas não é. A possibilidade de você levar calote no mercado de ações existe, mas é pequena.''Ter seu investimento rendendo bem acima da inflação e evitar de deixá-lo parado em conta é um ótimo negócio'', ressalta Eid. ''É normal par os investidores de ''primeira viagem'' ficarem preocupados com medo de perder dinheiro em ações. Isso pode gerar um stress psicológico, pois não estão acostumados a lidar com as perdas''. #Negócios #Dicas #Finança