Nos últimos anos, temos observado uma grande ascenção das chamadas criptomoedas, mas afinal de contas você sabe o que é isso ?

De uma forma simplificada, podemos dizer que criptomoedas são uma forma de dinheiro, ou mecanismos de pagamento puramente digitais e descentralizados já que não são emitidos nem controlados por nenhum governo e cujo valor é determinado livremente pelos indivíduos no mercado.

Complicado? Então vamos aprofundar um pouco mais, para entender o conceito ideológico e filosófico por trás das criptomoedas. Idealizadas por um hacker (ou um grupo deles) atuando sob o pseudônimo de Satoshi Nakamoto, as criptomoedas surgiram em 2009 com a criação da primeira delas, conhecida como bitcoin.

Publicidade
Publicidade

A ideia central do #Bitcoin é do livre mercado, sem intervenção, regulamentação, taxação e controle de um órgão central, garantindo, assim, liberdade e privacidade das transações e, consequentemente, atuando como ameaça direta ao controle estatal do dinheiro, o que atraiu rapidamente seguidores entre os grupos libertários e anarquistas.

Nos últimos anos, outras criptomoedas tem surgido, como BlackCoin, Dash, Litecoin e Ethereum entre outras.

E na prática, como funcionam as criptomoedas ?

Tomando como exemplo a mais popular delas, o bitcoin, o funcionamento é relativamente simples. Primeiramente, você deverá adquirir uma "wallet" (carteira virtual), onde serão armazenados seus bitcoins. Atualmente, existem "cloud wallets", que permitem a criação de carteiras em um ambiente seguro de nuvem, acessados através do seu navegador de internet em troca de uma pequena taxa cobrada nas transações em bitcoins.

Publicidade

Esse mecanismo é vantajoso, pois oferece ao usuário final uma segurança adicional já que este, em geral, não precisará se preocupar em dominar os conceitos de segurança envolvidos nas transações de compra, venda e transferência de bitcoins.

Mas afinal de contas, como ganhar dinheiro com as criptomoedas ?

Existem alguns métodos possíveis para obtenção de criptomoedas, desde a compra (através de dinheiro convencional), obtenção através de sites que pagam em bitcoins por tarefas simples (como assistir vídeos de publicidade) assim como um processo conhecido por "mineração de bitcoins".

Atualmente, existem empresas especializadas no investimento em bitcoins, como a Bitcoin Investment Trust. Essa pode ser uma opção interessante, pois tais empresas colocam à disposição de seus clientes especialistas em investimentos, atuando diretamente no mercado de criptomoedas e oferecendo assim um serviço especializado reduzindo riscos e simplificando o processo de compra e venda.

Um outro meio interessante na obtenção e multiplicação dos bitcoins, está no processo de mineração.

Publicidade

O processo de mineração, basicamente, consiste no investimento de capacidade computacional, com a finalidade de resolução de problemas complexos, relacionados à validação das transações em criptomoeda, recompensados com a distribuição de novas moedas, garantindo, assim, a distribuição e crescimento de capital do sistema. Esse processo, considerando sua natureza e complexidade que aumentam exponencialmente com o crescimento da rede, atualmente requer um poder computacional extremamente elevado, sendo assim, surgiram alternativas interessantes, como o cloud mining, onde você, ao invés de obter um equipamento e arcar com os custos de mineração, poderá adquirir uma fração desse poder computacional em nuvem, e receber assim um repasse do lucro obtido com a mineração. É importante pesquisar empresas com uma boa reputação no mercado, como por exemplo a Gênesis Mining que oferece planos interessantes e relativamente lucrativos nessa modalidade.

O que podemos concluir, é que as criptomoedas têm um grande potencial de crescimento além de uma vasta gama de aplicações possíveis, abrindo um universo de oportunidades e bons rendimentos muito promissor. #Inovação #Finança