O comércio bem que gostaria de apostar no "Dia dos Pais" para alavancar as vendas que andam em baixa nos últimos meses, mas ainda não será desta vez que os bons resultados poderão ser comemorados e os comerciantes terão que esperar um pouco mais, pois a crise continua atrapalhando e adiando as intenções dos brasileiros de irem às compras.

A CNC - Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, já avisou que esta não será uma data tão boa quanto se esperava para quem trabalha com comércio e a queda no faturamento pode chegar bem perto dos 10%, em comparação ao mesmo período de 2015.

Certamente o brasileiro não vai deixar o domingo dedicado aos pais passar em branco, mas as vendas serão menores e os que resolveram comprar um presentinho estarão procurando por opções mais baratas, além de ficarem atentos às promoções.

Publicidade
Publicidade

A intenção de gasto para este "Dia dos Pais" ficará em até R$ 100 ou menos.

Em muitas cidades pelo Brasil, quem deixou de comprar o presente na última hora, poderá encontrar diversas lojas abertas ainda neste domingo, é a aposta de muitos comerciantes para conseguirem abaixar o estoque, já que o sábado não foi tão movimentado e muitos presentes ainda estão nas prateleiras à espera dos filhos.

Entre os presentes mais procurados se destacam aqueles do segmento de vestuário, mas também no setor de alimentação, já que muitos pais querem apenas um almoço em família e nada mais. Ver o filho livre das dívidas neste final de ano que se aproxima, tem sido o presente mais desejado pelos pais e os filhos pelo visto, estão atendendo.

Fazer uma boa pesquisa ainda é a melhor saída para economizar na hora da compra e quem deixou para a última hora, a escolha do presente do papai, não deve de forma alguma comprar na primeira loja que entrar e como no domingo muitos estabelecimentos estarão fechados, talvez seja até mais vantagem deixar o presente para durante a semana, assim você terá mais opções de escolha e encontrar preços mais em conta.

Publicidade

O importante no #Dia dos Pais é o carinho, o abraço, a família unida e quanto ao presente, cada um deve respeitar os limites, pois nenhum pai quer ver o filho endividado. #Comportamento #Crise econômica