No último dia 19 de agosto a #Petrobras anunciou que ativará mais trinta e nove poços de petróleo até o final do ano. Percebendo que o mercado começou a dar indícios de melhoras, a força tarefa gerencial da estatal fez todas as suas projeções, estimativas e cálculos, chegando à conclusão de que esse é o momento para tocar novamente de modo pleno as operações de produção de petróleo. Segundo a Petrobras, o objetivo é produzir algo em torno de 2 milhões e 145 mil barris de óleo por dia. Nas estimativas atuais, em comparação com o primeiro bloco semestral desse ano, esse segundo semestre se iniciou 8% melhor em produção de barris diários.

Na Bacia de Santos, mais doze ativos serão interligados às plataformas de produção do pré-sal, que não estão em seu potencial pleno de produtividade.

Publicidade
Publicidade

Segundo a Petrobras, os ativos dessa localidade produzem em um padrão muito alto se comparado a outras companhias no mundo, gerando cerca de vinte e cinco mil barris diariamente, porque entre os 10 poços mais produtivos do Brasil hoje em dia, 9 deles se encontram naquela região.

A etapa de produção é a mais relevante na vida útil dos reservatórios de petróleo e gás. Nesta fase, as ferramentas extratoras do óleo e as plataformas de perfuração se afastam do poço e dão lugar a um equipamento chamado de Árvore de Natal, que contém várias válvulas  que controlam o fluxo e controle dos fluídos no ativo produzido. Essas, por sua vez, direcionam toda a produção para as refinarias ou para estações de exportação do combustível fóssil.

Essa iniciativa da Petrobras é um bom começo para a retomada da #Economia do Brasil.

Publicidade

O ideal mesmo é que houvesse a perfuração de mais poços, para que assim mais sondas fossem adquiridas, aumentando a demanda por mão de obra qualificada e gerando assim mais #Empregos. Mas, por hora, essa atitude por parte da estatal está sinalizando ao mercado financeiro e aos investidores que estamos prontos para recuperar a economia do Brasil, apesar do golpe duro da Operação Lava Jato, que derrubou a moral do Petrobras no exterior (no passado a empresa já foi responsável por 31 por cento do nosso Produto Interno Bruto). Isso demonstra que estamos nos esforçando para alcançar esse índice novamente.

Agora é contigo, caro leitor. Você que trabalha ou tem vontade de ingressar nesse ramo, é necessário estudar, aperfeiçoar-se e qualificar-se para que, quando as oportunidades na área recomeçarem, você esteja preparado para ingressar nela.