Muitas pessoas já devem ter ouvido que a propaganda é a alma do negócio, e sabem que muitas empresas têm grandes equipes para criar estratégias para alcançar determinados públicos para tal serviço ou produto. O Facebook criou uma ferramenta que promete que os anúncios sejam direcionados para os públicos específicos, o que faz muitas empresas buscarem a ferramenta para ganhar espaço de mercado, com os usuários da rede social.

Mas tem empresas que não veem que o retorno aplicado nesse tipo de publicidade seja vantajoso, é o caso da Procter&Gamble (P&G) que tem uma vasta gama de tipos de produtos para todos os tipos de público, como lâminas de barbear, detergente em pó, baterias, e muitos outros, e que resolveu reduzir as inserções na rede social, segundo informações do Wall Street Journal.

Publicidade
Publicidade

A empresa começou a investir nessa plataforma, pois acreditou que o Facebook investiu anos para poder ter um imenso banco de dados com informações, dentre eles, como os usuários que usam a página, o que postam, seus hábitos e localização demográfica, e até mesmo os grandes marcos da vida dos internautas que usa a plataforma.

Segundo o diretor de marketing da P&G Marc Pritchard, a empresa percebeu que levou muito longe a estratégia de comunicação com seus consumidores junto com a plataforma da rede social. "Agora vamos investir em publicidade que nos renda o máximo alcance tenha maior precisão", declarou ao Wall Street Journal.

A P&G não cortará totalmente a verba publicitária em social media, mas terá uma estratégia mais direcionada, como por exemplo, publicidade de fraldas para gestantes.

Publicidade

A empresa também disse que investirá em inserções como televisão, rádio e jornais.

O Facebook, por sua vez, disse que, a cada ano, as relações com a P&G são estreitas e que aprendem juntos. Com essa estratégia, vamos acompanhar o que o Facebook fará para não perder anunciantes em sua plataforma, essa semana, eles anunciaram que mesmo que a pessoa use um bloqueador de anúncios, as publicidades serão exibidas. #Mídia #Internet #Marketing de conteúdo