Um executivo da CBF explicou porquê o futuro da seleção feminina de futebol permanente está em risco e pode ter seus dias contados. Tal como informa o blog “Bastidores FC”, do site “Globo Esporte”, a CBF garante que o fracasso nas #Olimpíadas do futebol feminino no Rio 2016 faz com que os #Custos elevados de manter uma seleção feminina permanente sejam discutidos. Além dos enormes custos da CBF em pagar mensalmente a todas as jogadoras que representam a seleção brasileira, também a falta de elogios ao esforço e à aposta da CBF fazem com que na próxima reunião com seus executivos tudo seja equacionado.

Apesar do excelente inicio de competição por parte das atletas brasileiras no futebol, ao contrário do que aconteceu no masculino, a verdade é que o time liderado pela melhor jogadora do mundo, a Marta, não conseguiu garantir nenhuma medalha para o Brasil, isto depois da CBF ter investido como nunca no sucesso da sua seleção feminina para essas Olimpíadas.

Publicidade
Publicidade

Como informa a CBF, na voz de um dos seus executivos, esse mesmo fracasso é o principal motivo para que o final da seleção permanente esteja próxima de acontecer. Além da enorme desilusão, principalmente depois de tantas expectativas que foram criadas, os elevados custos de manutenção desse modelo da seleção brasileira, bem como a falta de elogios do povo brasileiro para todo esse esforço fazem com que o projeto esteja em risco eminente, como informa o blog “Bastidores FC”.

Apesar do provável fim da seleção feminina permanente, a verdade é que a CBF pretende ainda investir muito no monitoramento do futebol feminino para os próximos anos, se focando muito na observação de novos talentos que possam ajudar o Brasil em próximos grandes eventos. Apesar dos motivos fortes, a verdade é que muitos brasileiros, nas redes sociais, garantem se sentir humilhados pela forma como a CBF pretende terminar seu investimento no futebol feminino, apesar de muitos deles também confessarem que o futebol das meninas raramente tem uma audiência razoável fora das grandes competições.

Publicidade

#Despesa