Quem nunca pensou em morar nos #EUA? Ou ao menos em ir lá trabalhar e fazer uma boa poupança, para depois voltar para o #Brasil e depois um bom investimento? Em algumas cidades americanas essa opção de vida acaba não sendo muito rentável por possuir um custo de vida um pouco acentuado. Porém, devido ao desenvolvimento industrial que foi observado no país nos últimos anos, os Estados Unidos ainda são um bom lugar para se viver. Confira alguns fatos que tornam a vida do norte americano bem diferente da nossa, aqui no Brasil.

  • Nos Estados Unidos, uma pequena porcentagem da população é encaixada na expressão "Linha de extrema pobreza", ou seja, pessoas que não arrecadam anualmente cerca de 40 mil dólares por ano, o equivalente a 3,3 mil dólares por mês. Cerca de 85% possuem automóvel.
  • No Brasil somos acostumados a pagar a conta de água mensalmente, porém nos Estados Unidos ela é efetuado o pagamento a cada 3 meses, ou seja, paga a cada  trimestre, e o mais interessante é que pagam uma média de 30 a 40 dólares.
  • A conta de energia é um pouco diferente da nossa, ela também é paga mensalmente, porém varia de acordo com a estação do ano. Eles pagam em média de 40 a 60 dólares.

Os estados americanos com melhor índice para moradia e trabalho são: 

1) Texas: apresenta um salário médio de 45 mil anualmente, com uma taxa de desemprego de em média 4,2%

2) Washington: apresenta um salário médio de 52,5 mil anualmente, e a taxa de desemprego é, em média, de 5,5%

3) Wyoming: apresenta um salário médio de 45 mil dólares anuais, e a taxa de desemprego não vai além de 4,1% 

É normal vermos pessoas ter uma renda alta no Brasil. Por exemplo, se pegássemos o estado de São Paulo e fizéssemos um comparativo com os Estados Unidos, 8% da população adulta de SP seria de uma classe considerada alta. Nos EUA, esse nível de renda faria com que essa "classe" fosse considerada classe média americana, e teríamos uma margem de 0,5% que ainda seria considerado classe alta.

Publicidade
Publicidade

Em nosso país, para um cidadão ser considerado classe média, ele teria que possuir uma renda de 28 mil dólares anualmente. Se comparássemos com outros países como a Noruega e a Índia, na Noruega ele teria que possuir cerca de 58 mil, euquanto na Índia é bem menor, cerca de 13,7 mil dólares anualmente.