Uma grande parte da população, não só brasileira, mas também em outros países, passa por dificuldades financeiras porque o orçamento não está dando para pagar todas as despesas da casa. Com isso, muitas pessoas acabam entrando no vermelho. 

O grande segredo é: quer ter uma vida menos endividada? para isso você deve controlar suas despesas desde o início para não acabar se "atolando" nelas futuramente. 

O indivíduo planeja, trabalha, sonha, faz o possível para poder manter as contas em dia, mas acaba que não consegue por não saber administrar bem seu dinheiro. O Governo, vendo o que estava acontecendo com a sua população, acabou criando o programa Estratégia Nacional de Educação Financeira, que possuí como foco as escolas, para poder ensinar logo cedo as crianças a não gastar muito.

Publicidade
Publicidade

Tudo aquilo que é seguido a risca sempre dá certo, e isso não é diferente com o #Dinheiro, tudo deve ser bem administrado. O que basta é saber quanto vai "entrar" no mês, para podermos saber quanto poderemos gastar. Além de tudo, o certo a fazer é "não de um passo maior que a sua perna". Sabermos controlar as nossas despesas é fundamental para crescermos economicamente.

O resultado não aparece da noite para o dia. A #Economia é comparada com uma pessoa que frequenta diariamente uma academia, porque ele não vai chegar ao corpo desejado em um único dia, vai demorar um certo tempo, e com o dinheiro não é diferente, nunca se consegue instabilidade de um dia para o outro, isso só se resulta depois de um determinado tempo.

Uma dica fundamental é:

  • Anote tudo o que você gasta durante o dia para ter uma noção do quanto está saindo do seu bolso e ver com o que está gastando e se era realmente necessário o gasto.
  • Quando for ao supermercado, leve sempre uma lista de compras e não vá com fome. Quando temos tudo anotado do que precisamos comprar, é mais fácil evitar gastos desnecessários.

Um padrão que alguns economistas indicam para as pessoas é dividir os gastos familiares da seguinte forma:

  • 35% em moradia (aluguel,condomínio,água, internet, etc.)
  • 25% em alimentação
  • 15% no transporte
  • E os outros 25% em saúde, roupas, lazer, etc.

Um fato que gera bastante economia no salário é: se mora perto da escola ou o trabalho, o que custa ir a pé ou de bicicleta? Parece que não muda muito, mas isso gera uma economia muito grande na renda.

Publicidade

#Dívidas