Finalmente, a tão esperada #Black Friday chegou e, com ela, a promessa de descontos incríveis e ótimas oportunidades de fazer negócio. Mas, no meio de tantas promoções e lojas online, é fácil cair em alguma armadilha. Veja nossas #Dicas para aproveitar a Black Friday da melhor forma possível:

1. Faça uma lista e um orçamento

Antes de começar a ver promoções imperdíveis e se deixar levar pelo momento, faça uma lista de tudo o que você quer e do quanto pode gastar. Você pode organizar sua lista por ordem de prioridade e também definir a forma de pagamento que pretende utilizar.

2. Ofertas

Fique atento se aparecer alguma oferta mirabolante, principalmente em sites que você nunca comprou antes.

Publicidade
Publicidade

Ofertas incríveis demais, como um produto custar menos da metade do seu valor original, podem ser um indício de que o site não é confiável e está apenas tentando dar um golpe nos consumidores.

3. Formas de pagamento

Dê preferência aos sites que oferecem o cartão de crédito como forma de pagamento. Aqui, a lógica é a seguinte: para conseguir receber pagamentos através do cartão a empresa precisa de uma documentação mais extensa, enquanto boletos são facilmente direcionáveis para a conta de alguém. Pagar com o cartão diminui as chances de você ser vítima de um golpe!

4. Frete

Na loucura de ofertas, com prazo para acabar e estoques cada vez mais vazios, muitas vezes, esquecemos de prestar atenção no frete. Algumas lojas podem oferecer frete grátis, seja para qualquer compra ou para compras acima de um determinado valor, mas, muitas vezes, você vai ter que gastar um pouco a mais para que o produto chegue até você.

Publicidade

Tome cuidado, pois algumas lojas diminuem significativamente o valor dos produtos e aumentam o valor do frete, fazendo com que você gaste tanto quanto gastaria quando o item não estava em promoção.

5. Use ferramentas para comparar os preços

Após alguns anos de Black Friday no Brasil, e algumas situações que levaram o brasileiro a apelidar o evento de “Black Fraude”, muitos sites e aplicativos foram criados para ajudar o consumidor a não ser enganado nesse dia. Alguns exemplos são os sites Blackfriday.com.br (página oficial do evento que mostra lojas participantes, monitoração dos preços e envia ofertas para os e-mails cadastrados), o Buscapé (tradicional, o site compara preços de mais de 25 milhões de produtos e te mostra a variação de preços do produto no último ano, ajudando a descobrir o que realmente está com desconto) e o Reclame Aqui (que fornece a classificação das empresas de acordo com os clientes e irá mostrar um ranking das empresas com mais reclamações, além de uma lista de lojas com os maiores descontos verdadeiros).

Boas compras! #Economia