Na próxima sexta-feira, dia 25 de novembro de 2016, acontecerá mais uma #Black Friday, onde as lojas prometem até 80% de desconto em seus produtos.

Black Friday é muito popular nos Estados Unidos e, há algum tempo, chegou ao Brasil. O evento consiste em várias lojas de vários departamentos concederem descontos considerados, por eles, imperdíveis. Porém, é preciso ficar atento ao que as lojas anunciam como um desconto imperdível. Algumas lojas costumam elevar os preços dos produtos para que, durante a Black Friday, o preço anunciado pareça uma grande pechincha, mas, na verdade, o consumidor está sendo passado para trás.

É importantíssimo para você que tem interesse em adquirir algo e vê na Black Friday a sua chance, pesquisar agora.

Publicidade
Publicidade

Você precisa dispor de um tempinho para pesquisar os preços antes do dia 25 de novembro. Veja antes quanto está custando o produto de seus sonhos.

Algumas lojas já começaram a elevar seus preços, um exemplo é uma marca de eletrodomésticos famosa, que possui uma loja online. Venho pesquisando há um certo tempo o preço de um forno a gás de embutir. No site desta marca, o melhor preço que encontrei foi R$ 1.709,10. Isso ontem, dia 18 de novembro. Hoje, dia 19, o preço subiu para R$ 1.899,00. Quase R$ 200,00 a mais. Isso significa que, na próxima sexta-feira, quem não viu o valor mais baixo de R$ 1.709,10, achará um grande negócio comprá-lo por esse valor, ou, até mesmo, um pouco a mais. Na verdade, o consumidor foi descaradamente enganado e não percebeu.

Por isso, pesquise desde já. Tire print das páginas, guarde e, se no dia da "Super e maravilhosa" Black Friday o valor estiver com o desconto de uma semana antes, vá até o Procon, denuncie.

Publicidade

O povo brasileiro trabalha tanto para que pessoas de má índole tentem lucrar às suas costas.

Se a loja onde pesquisei, de uma marca muito famosa, fez isso, imagine nas outras menos conhecidas. Pense bem antes de gastar seu suado dinheirinho.

Um evento que deveria ser usado para proporcionar economia para os consumidores, acaba trazendo mais prejuízo do que lucros.

Você acaba comprando o que não pode, com o dinheiro que você não tem, pelo desconto que não existe.