Informação do Boletim sergipano de economia traz má notícias para o estado. Segundo estudos feitos em comunhão e estatística da Agencia Nacional do #Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), houve um declínio na produtividade este mês, fato que decorreu a partir de setembro deste ano quando a demanda de petróleo chegou à casa dos 903,5 mil barris registrando um percentual de 2,6% abaixo da sua produtividade do mês anterior. Comparando a setembro de 2015, houve um recuo de 12,1% na produção.

Os pesquisadores explicaram que no início deste ano a produtividade do petróleo sergipano alcançou 8,6 milhões de barris equivalentes de petróleo tendo um encolhimento de 10,7% em contrapartida ao mesmo mês, em 2015, quando a produtividade rendeu cerca de 9,6 milhões de barris.

Publicidade
Publicidade

Análises iniciais indicaram que a produção chegou à casa dos 239,5 mil barris equivalentes de petróleo em alto mar, com uma retração de 4,8% em relação ao mês de agosto desse ano, e ainda em comparação ao mês de setembro, foi ainda menor, chegando a 4,6%.

A demanda do petróleo retirado do mar rendeu 26% de tudo. Já em terras, essa produtividade respondeu pelos percentuais de 73,5% do resto, ficando no valor mais próximo dos 663 mil barris equivalentes de petróleo, revelando uma diminuição de 1,7% em relação ao mês de agosto, que representou 14,5% nesta mesma produção em setembro do ano passado.

Em relação ao gás natural produzido em setembro deste ano, foi registrada uma quantidade de 506,5 barris equivalentes de petróleo, apresentando o recuo de 6% em relação ao mês de agosto deste ano e demonstrando um aumento de 45,1% em relação ao setembro de 2015.

Publicidade

Com todos os valores registrados neste ano, chegou-se ao montante de 4,6 milhões na produção de barris de petróleo, uma alta de 10,5% quando se compara aos meses de produção neste ano. A exploração produtiva no oceano anda como fator primordial na extração do gás natural no estado extraindo cerca de 475,6 barris equivalentes de petróleo, respondendo a 93,9% de tudo que se produz no estado. Sendo que a produção em terra representa 30,8 mil barris, evidenciando um percentual de 6,1% da produtividade. #sergipe #Petrobras