A seca é um problema antigo, e que muito preocupa e castiga o povo brasileiro; a região #Nordeste já é conhecida pelas dificuldades que enfrentam para sobrevivência durante os longos períodos de estiagem. Em vista disso, ontem o Presidente Michel Temer fez uma visita a Maceió (AL), e participou de uma cerimônia onde anunciou ajuda do #governo federal para este tema; ao todo serão liberados um bilhão de reais para o combate à #seca.

O que já foi e o que ainda será feito

O Presidente comemorou o bom andamento do trabalho com o Congresso Nacional, relembrando que precisa dele para aprovar matérias de interesse do governo, disse ele: “Estamos em uma recessão muito grande e temos de combatê-la.

Publicidade
Publicidade

Para isso precisamos de interlocução e diálogo com o Congresso. Graças a Deus, as medidas enviadas para lá têm sido aprovadas com índice superior a 88%.”.

Temer comentou também, sobre a alta expectativa que as pessoas têm sobre seu governo (o que muitas vezes acaba sendo ruim, pois nem todos os problemas podem ser solucionados de imediato, desapontando parte destas expectativas), como exemplo falou sobre as obras da Transposição do Rio São Francisco, que foram iniciadas há 15 anos, mas ainda não foram concluídas.

Para o Presidente muito já foi, e muito mais ainda será feito. Ele disse que liberaram verbas para essas obras serem concluídas, segundo ele, em fevereiro deve ser inaugurado o trecho leste, e que seu sonho é conseguir até o final de seu mandato inaugurar o eixo norte e outras obras; se for possível concluir todos esses trabalhos, considerará que fez um bom governo.

Publicidade

O que ainda está por vir beneficiará muitas pessoas que vivem nestas regiões tão castigadas pelo clima. Serão liberados 755 milhões de reais, do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), para a construção de aproximadamente 130 mil cisternas, micro açudes e programas de acesso à agua em 15 estados atingidos pela seca. Além destas obras, deverão ser liberados também R$ 230 milhões do Ministério da Integração Nacional para os estados do Ceará, Alagoas, Pernambuco e Paraíba; verba esta destinada para projetos que distribuirão a água do Projeto de Integração do São Francisco para estados do Nordeste.

Mais de um milhão de pessoas devem ser beneficiadas com estes projetos; uma cisterna pode manter uma família de cinco pessoas por um período de oito meses; além disto, garantirá água potável para todas as escolas públicas, beneficiando 595 mil estudantes. Temer ainda falou sobre a repatriação: “Tenho uma boa notícia: temos novo projeto de repatriação. É uma segunda chamada para aqueles que não trouxeram, para que possam fazê-lo agora. Nessa segunda chamada já estamos introduzindo a obrigação que não só no imposto, mas na multa haja divisão com estados e municípios.”.