O abono salarial ano-base 2014 ficará disponível para saque até o dia 29 de dezembro deste ano. Após esta data, o dinheiro volta para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). No dia 30 de dezembro, as agências estarão fechadas para balanço anual, portanto, não haverá atendimento ao público.

Já os trabalhadores que possuem o cartão cidadão com senha cadastrada poderão sacar o #pis até dia 30 de dezembro nas casas lotéricas e nos terminais de autoatendimento.

Para aqueles que precisam sacar em uma agência, a recomendação é não deixar para a última hora. Se houver qualquer problema, o trabalhador não terá tempo hábil para resolvê-lo, pois não haverá expediente bancário após o dia 29 de dezembro.

Publicidade
Publicidade

Quem tem direito ao abono

Trabalhadores inscritos no PIS/Pasep, há no mínimo cinco anos, que trabalharam com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2014 e que tenham recebido até dois salários mínimos mensais têm direito ao abono. É preciso também que o empregador tenha informado os dados corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

O valor do abono corresponde a um salário mínimo, atualmente R$ 880,00. Aproximadamente 935 mil beneficiários que tem direito ao PIS/Pasep ainda não sacaram o dinheiro.

Inicialmente, o prazo para sacar o abono ano-base 2014 terminava em 31 de agosto de 2016 e foi prorrogado pelo Ministério do #Trabalho (MTE).

Para consultar se tem direito ao benefício, o trabalhador pode acessar o site do Ministério do Trabalho com o número do CPF, número do PIS/Pasep, data de nascimento e realizar a consulta.

Publicidade

Outro canal de consulta é a Central de Atendimento "Alô Trabalho", do Ministério do Trabalho, através do número 158.

Informações também podem ser obtidas pelo telefone da Caixa: 0800-726 02 07. Já os servidores públicos que têm direito ao Pasep podem ligar no 0800-729 00 01 (Banco do Brasil).

Quem possui conta na Caixa (PIS) deve verificar se o depósito já foi realizado na conta. O mesmo vale para quem tem conta no Banco do Brasil (Pasep).

O programa foi instituído com a justificativa de promover a integração do trabalhador na vida e no desenvolvimento das empresas, possibilitando melhor distribuição da renda nacional. #Abono Salarial