No ano passado, pequenas mudanças na forma e apresentação do Tesouro Direto foram propostas na tentativa de popularizar o investimento.

Devido a isso e a baixa rentabilidade da poupança no ano de 2016, o número de pessoas dispostas a emprestar dinheiro ao Governo aumentou em 50 mil cadastros, totalizando 1,024 milhão de investidores nessa modalidade.

As novidades no Tesouro se iniciaram no governo Dilma e prosseguiram na gestão Temer, que promete mais segundo a secreária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescosi.

1. Aplicativo oficial do Tesouro Direto

Acompanhar o Tesouro Direto através de dispositivos mobile sempre foi uma tarefa difícil.

Publicidade
Publicidade

Ciente dessa dificuldade e com o aumento de pessoas que têm acesso ao celular no Brasil, o Governo planeja com o lançamento do aplicativo estar ainda mais próximo do futuro e atual investidor.

2. Novo horário

Começou neste sábado, dia 3 de dezembro, o novo horário para as operações de venda e compra que poderão ser feitas entre ás 9h30 e 18h. E os agendamentos de compras podem ser feitos entre as 18h e 5h.

3. Novo Extrato

O novo extrato vai ampliar e facilitar o acesso à informação sobre o Tesouro Direto. Além de contar com um layout mais claro, didático e intuitivo, o extrato trará um gráfico mostrando a evolução do valor das aplicações para investimentos feitos a partir de 2015.

4. Curso online gratuito disponibilizado pelo Ministério da Fazenda

As inscrições podem ser feitas no site da ESAF (Escola de Administração Fazendária).

Publicidade

Os primeiros mil inscritos receberão certificado, mas caso não consiga se inscrever a tempo, não fique triste. O Ministério da Fazenda vai deixar disponível no site do Tesouro todo o conteúdo do curso.

5. Novos avisos por mensagens e e-mails

Agora, basta cadastrar o número de celular no site do Tesouro Direto, que será possível ter acesso por SMS às movimentações realizadas através da sua conta no Tesouro, assim como o extrato. O usuário também será avisado quando houver cobranças de taxas. O mesmo também será possível através de e-mail. #Economia