No final do ano passado, o presidente Michel Temer anunciou que o #Governo vai liberar o saque das contas inativas do #FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço); os trabalhadores que possuem contas inativas até 31 de dezembro de 2015 poderão sacar o saldo.

O governo mudou as regras na tentativa de reaquecer a economia brasileira, e informou que não haverá limite de valores para o saque, será possível sacar o valor total da conta inativa. De acordo com informações do próprio governo, aproximadamente 10 milhões de trabalhadores poderão sacar o FGTS. Também foi informado que a maior parte dos trabalhadores que têm saldo FGTS na conta inativa, o valor não ultrapassa um salário mínimo.

Publicidade
Publicidade

Somente tinha direito ao saque do FGTS inativo o desempregado que estava três anos seguidos sem trabalhar com contrato, mas em dezembro de 2016, logo após a decisão do presidente, as regras mudaram.

O que é conta inativa do FGTS?

Conta inativa do FGTS é aquela que o trabalhador deixa de receber os depósitos do empregador por rescisão do contrato de trabalho.

Como consultar saldo do FGTS?

O trabalhador pode consultar seu saldo através do site da Caixa ou do FGTS e aplicativos para smartphones. Os trabalhadores podem também receber informações por mensagens sms no celular ou por e-mail, basta se cadastrar no site.

Quem tem direito ao saque do FGTS?

Trabalhadores que possuem contrato de trabalho finalizado até 31 de dezembro de 2015, ou seja, trabalhadores que pediram demissão ou que foram demitidos por justa causa.

Publicidade

Todo trabalhador que possui saldo e uma conta inativa até 31 de dezembro de 2015 poderá sacar o fundo.

Quando posso sacar meu FGTS?

O governo vai divulgar o cronograma de atendimento através da Caixa Econômica no mês de fevereiro de 2017.

Trabalhador empregado pode sacar FGTS?

Não, pois o trabalhador empregado possui uma conta ativa, e a regra para sacar o valor é para trabalhadores que possuem contas inativas até 31 de dezembro de 2015. Para mais informações, entre em contato com a Caixa através do site, telefone de serviço ou em um agência mais próxima. #Dinheiro