Todo começo de ano nos propomos a fazer algo diferente, mas para que possamos ter algo que nunca tivemos, devemos fazer o que nunca fizemos.

Uma das mudanças que mais nos comprometemos é a de guardar #Dinheiro, seja para fazer uma viajem, comprar algo ou para ter uma reserva maior. Bem sabemos que essa não é muito fácil. Veja algumas dicas para facilitar esta tarefa.

A primeira dica, e uma das mais valiosas, é anotar todas as despesas, isso mesmo, anotar desde o pão da padaria até as despesas com o cartão de crédito. Ao anotar, você consegue visualizar com o que está gastando, sendo assim possível fazer cortes de despesas desnecessárias.

Publicidade
Publicidade

Você pode anotar em uma caderneta mesmo ou criar uma planilha no Excel. Existem planilhas de orçamento diário disponíveis para download na internet e aplicativos para celulares.

Segunda dica, pague suas contas todas no mesmo dia, caso seja possível, mude a data de vencimento de suas contas fixas, por exemplo, se você recebe seu salário todo dia dez mude suas contas para vencimento dia onze de cada mês. Fazendo isso, você tem maior controle do orçamento para passar o mês, pois as contas que comprometem um percentual maior dos seus proventos já foram liquidadas.

Terceira dica, estabeleça um valor para ser guardado todos os meses. Após fazer todos lançamentos em sua caderneta ou planilha, estabeleça um valor a ser guardado na poupança, faça uma projeção para os demais meses do ano e vá aumentando este valor gradativamente.

Publicidade

Quarta dica, evite fazer compras parceladas em muitas vezes, prefira os pagamentos à vista. Ao pagar à vista seu poder de negociação é maior, logo, você consegue um desconto considerável, não tenha vergonha de negociar e pedir descontos, dê valor ou seu dinheiro, só você sabe o quanto é árduo o trabalho para adquiri-lo.

A partir daqui já é possível ter um rumo para seguir. Os primeiros meses não são fáceis, mas seja persistente e acredite no seu potencial. É importante pesquisar e achar uma forma que se adeque a sua realidade. #Economia #gastos