O aplicativo #99 prepara-se para uma nova empreitada em seus negócios. Em março deste ano, a startup brasileira pretende lançar sua própria maquininha para efetuar pagamentos com cartões de crédito e débito.

A maquininha irá trabalhar com as principais bandeiras presentes no país, Visa e Mastercard, e também permitirá que o motorista possua os chips de todas as operadoras, para ter uma melhor cobertura de sinal onde quer que esteja em suas corridas.

O teste da nova maquininha para pagamentos com cartão das corridas será feito em São Paulo em breve, segundo Matheus Moraes, diretor de política e comunicação da 99: “Pretendemos levá-la para outras cidades do Brasil em breve”, afirmou em entrevista ao site da IstoÉ Dinheiro.

Com a chegada da maquininha da 99, aumentará a concorrência no setor, que está praticamente dominado pela maquininha da PagSeguro, do portal de internet UOL. O modelo da 99 será semelhante ao da concorrente direta, que o interessado, no caso o motorista, paga um valor fixo para aquisição, porém não precisa pagar uma mensalidade, como ocorre com as demais maquininhas de cartão das outras redes.

No primeiro momento, a maquininha será apenas para os taxistas e motoristas do serviço POP, que é o transporte privado de passageiros, como atuam os principais rivais Uber, Easy, Cabify. A startup ainda não informou se há planos de competir no setor de varejos como as outras máquinas que atuam no mercado.

99 na corrida por novos setores

Desde que recebeu o aporte financeiro de US$ 100 milhões da chinesa Didi Chuxing (Uber chinesa), no fim do ano passado, a 99 expandiu sua área de atuação e agora está presente em 550 cidades, com 140 mil motoristas cadastrados e cerca de 10 milhões de usuários no país.

A startup já trabalha no setor financeiro com seu cartão pré-pago, que é usado para fazer pagamentos a todos os motoristas cadastrados pela empresa. Nessa expansão pelo setor financeiro, a maquininha de cartão de crédito e débito seria uma das maiores empreitadas da 99 no Brasil. #Aplicativo #starup